domingo, 22 de março de 2009


Primeiramente, estou de bem com a minha avó. Não fiquei praticamente nada com ela hoje, porque dormi o dia inteiro e quando acordei já tinha minha tia aqui.

Comi horrores nesse final de semana. O sábado foi regado a muito pão, e domingo teve chocolate, mousse de maracujá, panetone de chocolate (parei...) me sinto enjoada. Alguma dieta mais leve, com salada e carne branca provavelmente me faria bem durante a semana, podem crer que darei o máximo de mim nisso.

Eu sou totalmente compulsiva no que diz respeito a comida. Sempre comendo demais. Não há foto de thinspo ou de uma mulher obesa que me façam frear na hora certa. As vezes parece que algo em mim se conforma com o ser gorda, no fundo parece que é isso que eu quero, porque acabo usando a gordura como desculpas para todas as minhas fraquezas. Não vou a tal lugar porque estou muito gorda. MENTIRA! Não vou a tal lugar porque detesto um monte de gente reunida falando alto. Não vou me candidatar a tal emprego porque estou gorda. MENTIRA! Não Vou porque tenho medo. E assim por diante. Até para andar de ônibus, sempre me recusei a sair de ônibus com a minha mãe porque eu jurava que iria entalar na roleta, e quando chegou a necessidade, e tive que pegar um ônibus, nem entalei naquela merda. Mas ainda assim vivo usando essa.

Mas eu realmente estou cansada da vida que venho levando. De que adianta ter um rosto sem rugas se não aproveito para sorrir sinceramente? De que adianta não ter nenhuma doença terminal se vivo como uma moribunda? De certo aos 50 anos vou querer compensar tudo que deixei de viver (?)

Descobri que gosto de exercícios, caminhada, cansaço, depois me dá uma sensação boa, mas tenho feito isso um dia sim outro não, porque quando a minha mãe não está, não tenho coragem de sair de casa sozinha. E não, não é só pela gordura, são diversos motivos. Meu medo, meus vizinhos que me olham dos pés a cabeça com cara de ‘olha a esquisita na rua!’, a minha tia que mora aqui na frente e o maldito bairro onde moro, onde as pessoas colocam inclusive poltronas nas calçadas de suas casas para ‘observarem o movimento’ e olhar a bunda de todo mundo.

Junto com a compulsão tenho outro inimigo a enfrentar, e é o meu medo, meu pânico, minha fobia, chame como quiser.


Um artigo que me fez pensar bastante sobre tudo isso:

10 comentários:

- m disse...

Olá Marcyyyyyyyyyyy! :)
Não acredito que vinha no meu blog e nunca se apresentou "formalmemnte" mais que absurdo, uhuhauhauhauhauhuh!

eu vim aqui mesmo, gostei e resolvi deixar um coment! aqui nao tem essa de ser anna, ou ser mia, ou ser apenas pro anna/ mia, ou querer emagrecer, aqui todas corremos atras de um UNICO objetiivo e entao acho que juntas conseguiremos mto mais vitoorias :)

Mto obrigada pelo coment!
e pelo elooogio! te linkeiiiiiiiiii oks?! :)

e eu acabei de baixar esse livro aqui que tu indicou, vou começar a ler aui no pc hoje mesmo, parece ser bem interessanteeeeeeeeeee!!

Que bom que gosta de exercicios entao começe a pratica-los mesmo! mesmo sendo um dia sim e outro não, eh mto booooom e faz um bem pra alma tb! :) eu odeio musculação, mais aerobica e caminhadas me apetecem MTOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!

Mas eu realmente estou cansada da vida que venho levando. De que adianta ter um rosto sem rugas se não aproveito para sorrir sinceramente? De que adianta não ter nenhuma doença terminal se vivo como uma moribunda? De certo aos 50 anos vou querer compensar tudo que deixei de viver (?)
[2] faço de suas palavras as minhas! hahahahahaha.

MTA FORÇA LINDINHA :]
BJINHOOOOS!

Goo Anna Goo \o/ disse...

Oiii anjo...gente fofokeira na porta ngm merece ¬¬'...olha isso de caminhada naum da pra mim jah tentei e nada...jah com academia como eu pago eu vou de qq maneira...sabe agente soh se anima msm quando v o resultado...quando perde um tanto bom de peso...vc tira força pra naum comer nhm tipo de porcaria...eu jah pensei ki naum tinha jeito...mais hj sei ki tenho e vc tbm....força amore \o/

Ilvie disse...

Marcy!
ter medo é normal :/ e pelo menos você consegue perceber que vc usa desculpas para não fazer as coisas, isso já é algo.
Que bom que gosta de exercícios! Faz tempo que não faço, mas qd fazia e chegava em casa, me sentia muito satisfeita comigo mesmo e com uma boa sensação, se gosta, continue firme e tudo bem se for só qdo sua mãe estiver ctg, comece aos poucos quem sabe depois vc vá sozinha , mas ter uma companhia é bacana.
Nunca mais te achei no msn :////
tanta coisa que eu queria te contar ^^ saudades mesmo.
atualiza meu link ali tá?
mudei tudo agora, até de nick.
Esse aqui é pra valer.

enfim.
Beiiijos;***

psicoanna disse...

Oi Marcy!

Acabei de ler o texto, baixei o livro, mas ainda li.

O medo é uma droga msm, já tive mto, mas te digo, isso não leva a nada, melhor sair aos poukinhos, isso não quer dizer fazer loukuras, mas se libertar um pocuo.

qnt aos outros, mande eles p/ PQP.

Bjosss e mta, mta força

Charlotte, disse...

Oiiieee!!
Eu tb ja usei bastante a gordura como desculpa pra mtas coisas. Mas existem coisas q só a gente pode fazer por nós né?!. Eu amoooo caminhar, correr, e é otima msm a sensação de cansaço depois.. nao ligue pros outros, vai sozinha msm, até prefiro correr sozinha, coloco uma musica bem alta e vou correndo até minhas pernas nao aguentarem mais!! Linkei vc no meu blog, adoreeei o seu!!
Vou voltar mais vezes, força sempreeee e precisando estou aki!!
;)

shmally disse...

nao sei se deveria comentar...
blog pode ser pra isso mesmo mas nos nao nos conhecemos neh..
sinta-se a vontade pra excluir ou me mandar ir pra puta que pariu..

eu tinha anorexia, ateh dois anos atras, desde os 12 anos... passei por altos e baixos.. mais baixos com certeza, ja fiz todos os tipos de besteira possives por causa da ana, e hj em dia, mesmo sem me considerar doente, me preocupo com o meu corpo... mas nao sou capaz de me esporçar tanto pra emagrecer... nos ultimos 3 meses emagreci pra cacete, de forma muito rapida por varios motivos.. me sinto magra, todo mundo notou essa diferença, e eu tenho noçao que posso engordar tudo denovo a qualqer momento..
mas oq eu queria te dizer eh que mesmo sem neurose, estando magra, eu continuo cheia de medos, eh dificil eu me sentir feliz de verdade, todos os dias eu acordo sem saber pq eu to acordando.. tudo eh muito chato, muito cinza, e hj eu penso de que adiantou eu jogar 7 anos da minha vida no vaso com uso de laxantes e dedo na guela? eu nao precisava ter deixado de comer tanta coisa gostosa na busca pela minha auto aceitaçao.. pq essa aceitaçao ateh hj nao veio...

minha conclusao eh que a vida eh muito curta, e nao vale porra nenhuma, a unica coisa que podemos fazer com ela, eh tentar extrair um pouco de diverçao...
emagrecer sim! vale muito! mas direcionar a vida toda nisso nao vale a pena..

beijos.. e eu gostei muito do seu blog

lovely disse...

Oi Marcy!!
Acho que sair pra caminhar um dia sim e um dia não já é um ótimo progresso. Eu só saio de casa na quinta (dia de terapia) e no sábado que é quando minha mãe me arrasta pra sair. Fico tão ansiosa, tenho vontade de berrar no meio de todas aquelas pessoas!!!
Precisamos de tempo. Agora saímos com as mães, daqui a pouco criamos segurança e vamos conseguir sim sair sozinhas!

Fico feliz que tenha refletido sobre tudo isso. Eu também venho pensando bastante sobre a vida que estou levando. Não vamos deixar pra viver só nos 50 anos!

Achei interessante esse texto que passou. Vendo por esse ponto, a magreza exageradaaa também pode ser vista como uma negação da mulher em ser um objeto sexual.

Beijinhooos!!!
Tenha uma ótima semana e cuide-se!

desconhecida disse...

oie amore
pelo mens vc sabe q e´ desculpa,eu acho q to tbm com esssas coisas de medo e tals..e esses vizinhos hein??tinha q arrumar alo pra fazer ao invés de tomar conta de vida ds outros..ninguem merece
forças amore e beijokas

Nine ♥ disse...

florzinha sou igual a voce.
uso minha gordura como desculpa pra td, não pros outros mais pra mim mesma. =/'

força.
e parabens pelas caminhadas. *-*

bejinhus

ana4ever disse...

Oii amei o blog

estou te linkando

força!!!!! legal q vc faz exercicio, enquanto a mim, nem saio do lugar

rsrs bjãoo