terça-feira, 14 de abril de 2009

Olhe-se no espelho


Minha vó começou a implicar comigo ontem por causa dos cachorros, que ela diz que eu dou muito valor à eles e blablabla... Minha vó acabou ficando sem resposta na discussão que segue aí em baixo, mas arrumou uma resposta bastante contundente.


-Tu vai perder essa longe 'Marcy'!
-Mas quem aqui tá brigando pra ganhar ou perder?
-Eu não!!! (como uma religiosa fervorosa, que obedece as leis da igreja católica, ela sempre condena brigas e discussõs, mas vive no faça oque eu digo, não oque eu faço.)
-Mas tu que falou em ganhar ou perder!
Ela não respondeu e eu comecei e rir, na boa, achando que tinha ficado tudo bem, até que...
-Tu deveria te olhar no espelho! Te olhar no espelho!
Quem ficou sem resposta dessa vez fui eu.
Mas ela tem razão, e vou te dizer, eu me olho no espelho, mas raramente olho do pescoço pra baixo pra ser sincera, e quando olho vejo só a realidade, e a realidade nesse caso é triste, grotesca no momento. Não posso deixar de agradecer por ter dois braços, duas pernas etc, e também não posso deixar de pedir perdão por não utilizar como poderia, ou deveria. Tantas pessoas mutiladas, e eu me destruindo, esticando a minha pele cada vez mais .

Minha vó sempre foi uma pessoa fria comigo, e soube que ela foi uma mãe fria também, minha mãe me contou coisas que não me dou o direito de contar aqui, porque foram momentos tristes da minha mãe. Quando eu era pequena ela me chamava de bruxa, e eu sempre, sempre tive as minhas divergências com ela, mas sempre a amei, sempre me preocupei com ela, e resolvi dedicar a minha adolescência, e sabe-se lá, talvez, toda a minha vida à ela. Não é com tristeza que digo isso, mas a minha vó vai longe. Uma pena ela ser uma pessoa tão difícil. Mas falei com a minha mãe, porque ano passado ela parou de tomar antidepressivos e agora fica toda hora dizendo que ninguém gosta dela, que isso e que aquilo, e acho que vamos ter que entrar novamente com os remédios.
Se eu faço cozido ela pede frito, se eu frito, eu não fritei direito, se eu levo crú, eu deveria ter cozinhado.

Minha vó sempre me assustava dizendo que eu podia ir pro inferno agindo como eu agia, desde criança. Sinceramente, acho que não é preciso morror para conhecer um pedacinho do inferno.

Obrigada sempre pela força, amo vocês.

9 comentários:

Love disse...

Puts,
que relacionamento difiicil heim? Cruzes!!! Graças a Deus minha avó materna é um amor de pessoa todos os netos a chamam de mãe. A familia toda é catolica, alguns mais catolicos que outros.rs Minha avó partena não conheci, mas se ela estivesse viva acho que tambem seria um amor de pessoa. Minha mãe(avó) diz sempre que estamos no ceu e no inferno o tempo todo o que determina onde nos vamos estar na eternidade são as decições e atitudes que tomamos todos os dias. Sabe aquela frase: "Aqui se planta, aqui se colhe" è mais ou menos assim!!! Planta-se carinho e colhe-se amor! Planta-se discordia e colhe-se odio. Por pior que seja a situação que sua avó criou e trata sua mãe e vc ela tambem deve ter passado maus bocados com os pais dela. Afinal como todos sabemos nos somos o reflexo de nossos pais. Deve ser muito dificil entender sua avó... Deus sempre manda as crianças para tentar modificar os adultos. Talves este seja sua função. Tentar mostrar a sua avó que apesar do despreso dela vc a ama!!! Mostre isso com palavras e gestos, por que uma pessoa rancorosa não consegue perceber o amor nos outros.

Bjos linda!!! Fique bem e saiba que se voce cre em Deus voce ja esta no caminho corredo para ir pro paraiso!!!

lovely disse...

Oi Marcy!

Estou sem palavras. Porque não sei como seria conviver com alguém assim.

Acho que a pessoa mais dificil aqui em casa é a minha irmã. Ela me humilha sabe?! Em todos os sentidos - peso, estudos, tudoo! Se eu engordo, ela fala sem eu nem pedir uma opinião. E não tem mais a desculpa de que "ah, mas ela é criança!" . Não, ela não é mais criança.

Sabe o que estou fazendo?! - eu já falei com a minha mãe sobre isso. Agora estou ignorando, simplesmente converso com ela o mínimo possível, só o necessário! De resto, deixo ela falando sozinha. CANSEI! Se precisar pego o mp3, coloco os fones no ouvido e deixo ela falando.
Parece crueldade, mas crueldade mesmo é as coisas que ela me fala.

Só desejo ... paciência com a sua avó. Na pior das hipóteses, faça como eu - coloque os fones no ouvido e esquece.
De dor e humilhações, já basta a nossa própria auto-cobrança.

Beijinhoos querida!
Tenha um belo dia e cuide-se.

Jennifer disse...

kredo!

mas ha pessoas assim e essas sao um desafio.

as minhas melhores amigas tinham quase todas esse feitio comigo e eu consegui aproximar e aproximar.

vais conseguir tambem. ainda vai dizer k t adora ;)

beijo e coragem qd olhas no espelho.

pensa k amnha vai ser melhor. basta lutar por isso.

Anna Bunny disse...

Eu sei, eu entendo... minha avó não fala assim comigo, mas minha mãe faz eu me sentir no inferno. Que eu não amo ela, que eu não ligo pra ela... quando ela vê meus cortes e coisas assim, ela fala q eu não penso nela, e tb reforça q eu devia agradecer por ter duas pernas, dois braços, essa coisa toda...
Mas não acho que a gente e4steja errada, não. Se vc se sente mal com seu corpo, vc tem que mudar por vc. A gente tem dois braços e duas pernas, mas são nossos - não temos que nos contentar com o que temos só pq outras pessoas nos dizem que temos. Temos o direito de querer - e de obter - mais, sempre. Acho que já temos dor suficiente pra deixarmos os outros nos impingirem culpa em cima disso tudo...
Vc sabe o qto vc faz pela sua avó, não espere que ela reconheça. Continue fazendo o que faz vc se sentir melhor, útil, bem consigo mesma. Não somos notas de 100 dólares, ngm vai nos amar sempre, mas fazer oq - a gente tem que fazer por nós mesmas.
Diz um sábio ditado de grupos de anônimos: "Vc é a única pessoa que vc pode modificar". Se te faz bem, se modifique, por vc mesma e mais ngm - e estaremos aqui te apoiando.
Nossa, hoje eu filisofei, rs.
Beijos! Fica bem, viu?
Se cuide^^

supernova disse...

Marcy! Você tem um grande coração. Percebeu que mesmo tendo essa relação turbulenta com sua avó, vc a ama, gosta dela como poucos netos gostam de seus avôs.

É complicado qdo a gente se destrói. Mas é louvavel qdo sabemos que podemos parar, assim como vc tbm pode. Ande devagar, de acordo com teu ritmo.

Saudades!
beijão.

Scarllet.Sophie. disse...

Realmente, as palavras que dizem a uma criança, acompanha o resto da vida com ela amor.
E é dificil mesmo,q uando decidimos amar alguem que, deixando de lado a questao de merecer, não é boa pra nossa alma.
Mas sabe, as vezes, algo resulte desses momentos.
Lições e aprendizados que te seguirão ainda mais que as palavras duras e frias.
E realmente, não é preciso morrer pra conhecer o inferno.
Quem quer, ve e faz ele da vida real.

Anyway, vamos lá, o espelho é nosso maior inimigo, e como todo inimigo, ele nada mais é do que o que queremos que realize sem poder, ou então, o que nos julga por ser igual.
Vamos abraçar nossa causa firme amore, vamos conseguir transformar o espelho em nosso amigo okay?

força darling, e...bem, força :)

Ana & Mia disse...

eu fiz. Deu tudo certo gracas a deus!
Flor vc quer comecar uma dieta cmg?
Tipo comer bem pouco e prometer uma a outra que nao eh pra comer mt e sempre vim aqui dizer como foi o dia
quer?
To precisando de ajuda! Sozinha eu nao consigo! =/
eu to com 60kg e tenho 1.65
to uma baleia!

Quero mt emagrecer! meu aniver ta chegando e nao quero passar o dia do meu aniver chorando =/

Ambie {Gabi Ambelina} disse...

"Sinceramente, acho que não é preciso morrer para conhecer um pedacinho do inferno."

Concordo plenamente!

Mas tenta ter paciência com a sua avó.. ela tb já deve ter passado por muita coisa na vida pra ser do jeito que ela é hoje.


beijão

Love disse...

Ui ui ui!!!! Errei é profissão reporter!!

Bjos