quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Irônico como lágrimas de palhaço formando um lago no picadeiro

Eu estava na plataforma do trem, com um livro nas mãos, sentada em um banco, deixando os trens lotados da hora do rush passarem. Não tinha sido um dia bom. Minha gerente tinha ficado furiosa comigo porque não passei dois livros, os clientes, muito bondosos, voltaram para eu passá-los novamente. Antes não tivessem vindo. Chorei no balcão, fui consolada por colegas que disseram que essas coisas acontecem. Depois além de tudo, acho que estraguei quaisquer coisas especiais que eu estava criando, com minhas palavras ásperas e minha insistência em ser tão hostil, mas talvez haja remendo, sempre há. Mas eu estava falando da plataforma do trem, não é mesmo? Lá estava eu, livro em mãos, aquela mulher, com voz irritante e roupas bregas parou ao meu lado, pediu licença e me deu um papel. Antes que eu o abrisse, ela pediu para que eu não me ofendesse, porque eu sou jovem, e com ela funcionou. O bilhete dizia: “Gordura tem solução. Marlene.” E abaixo do nome, dois números de telefone. Não reagi, não xinguei, não fiz nada, apenas dei um riso sem graça. Quando desci do trem simplesmente não tive coragem de tomar o ônibus que me levaria para casa, fui direto ao ponto de táxi. Uma viagem silenciosa. Planejava me cortar assim que chegasse em casa, mas acho que escrever aqui foi a melhor escolha.
Só tenho um pedido à fazer... Se você vai me dizer para não ligar, para deixar pra lá essa gente mesquinha e não sei mais o que, peço que você poupe suas palavras, porque não é que a mulher não estava com razão quando me chamou de gorda, o fato é que isso foi tão devastador, tão ‘a que ponto chegamos?’, tão propício a objetos cortantes sobre minha pele.
Acho que quando transpiro não sai simplesmente líquido, sai óleo, tenho notado isso de uns tempos pra cá.
Como me tornei isso no meio de tanta desgraça e tanta alegria?
Eu bem poderia me esconder conscientemente em uma farsa qualquer, foi o que eu pensei, mas minhas caras, fiz isso nos últimos anos.

Lembrei-me de uma coisa! No ônibus, a caminho do trem, antes disso tudo, agradeci por tudo que eu tenho, ao ver um cadeirante no parque, observando as pessoas que caminhavam e faziam cooper. Irônico ou não?



15 comentários:

Atras da verdadeira identidade anaemia disse...

Minha queridaaa...deixa eu te contar..eu estava na escola..no ensino médio até q uma mulher mt simpatica me parou e me entregou a mesma porra de papelzinho com o dito "produtos naturais" q faziam perder peso..eu, q ja estava me sentindo a escória da humanindade por ter amigas lindas, magras e perfeitas a mulher ainda me da um papel daqueles. Posso te falar qkela mulher foi um dos meus estopins p acordar. Adivinha onde eu estava qd ela me odfereceu os malditos produtos? Na fila da lanchonete do Colégio AAAFFSSSS.
Mas espero q não te abale como me abalou..mminha fisionomia mudou na hora e uma tristeza de morte me invadiu de uma forma arrasadora...mas
desencana e cumpra com seus objetivos por vc e p vc, pois força de vontade pode acabar mas ideais de vida e felicidade não..se cuida e mt mega força p ti bjs no S2

(●• LIA •●) disse...

Não ligue! Deixei para lá!!
Tôoooooo sacaneadoooOOO!!
Só pra tirar um sorriso seu!
Tirei?! Ou te irritei mais?!

É foddaaaa!!
As vezes nãO queremos exergar nossa realidade. Caso parecido aconteceu comigo. Na hora da vontade de sumir. Desparecer. Um misto de vergonha e coragem para mudar. Só que depois bate o desanimo. É foda. Vai entender neh?!

Espero que melhore!
Estou torcendo por ti!

Vc não pode desistir dos seus sonhos agora. Tranpirando gooordura?! Marcy?! hihihi

Beijos!

annamolly . ® disse...

marcy queriiiiiiiiiiidaça :)
deixa eu agradecer pelo coment, adoooroo você! ihul =]

em segundo, quando vamos combinar de ir até essa mulher e esfolar a cara dela? geeeeeeeeeeeeeeeente, eu juro que eu ia MORRER, morrer de tanto chorar, de raiva, e meu nao sei se conseguiria ficar quieta! mais tudo tem um porque na vida, quem sabe só não faltava esse 'empurrãozinho' pra você levantar com aquela super força e seguir seu caminhoo??

ironico ou não?
é ... você tem que pensar e responder pra si mesma! você vai entender eu tenho certeza, :}

e vamo que vamo. :]
não contou nada sobre alimentação mais acho que deve estar beeem, entao desejo mais força AINDA!
E SE CUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUIDE.

xx.

Anna Bunny disse...

Eu sei como é, e não estou me fazendo. Eu SEI q não to enorme, ainda assim, um dia, uma cliente q havia sido atendida por outra pessoa foi pedir um favor e o gerente perguntou a ela se era eu que tinha atendido ela. Ela me mediu e disse: "Não, foi uma menina magrinha."
Pelo amor de deus, eu tenho menos de 60kg! Mas foi bem isso q eu senti: a que ponto eu cheguei...
Eu não vou ficar chiando pq sei que não ajuda. Mas estou sempre aqui pra vc desabafar, ok?
Qto a mim, desistir de trabalhar com o publico.
bjs!

Spartano disse...

Minha linda...
Nem todo mundo tem a obrigação de sorrir sempre... nem de ser gentil sempre....
quando me perguntava se estava tudo bem e eu respondia não... vinha aquela chuva: "Grosso", "Mal-criado", "Mal Amado", etc... ai uma gerente me falou... Então hj vai ser o melhor dia ta tua vida!!! Diga isso q vai ser!!, na hora deu ate medo dela...
Resumo da opera.... Meu computador queimou a placa mae... meu cachorro morreu... minha namorada tinha brigado comigo... e tinha outra coisa q eu nao lembro agora...
Então tirei de lição disso que não adianta se enganar e enganar os outros... somos o que somos e estamos como estamos... bem, mal, triste... mas quem gosta de mim vai ficar comigo....

E não esqueça q aqui todos gostamos de ti!!! Independente se vc estiver alegre, ou tristinha... eu pelo menos sempre estarei aqui para te ouvir!!! e te ajudar no que for possivel!!!

Bjo

camila, camila disse...

situaçoes como essa so nos fazem enxergar o q queremos ocultar... parece q qd nos damos conta q os outros percebem a nossa gordura, ai sim ela e real. q bobagem... sobre o trabalho, o q te digo e pra ser mais atenta e calma com as coisas, nao levar tudo tao a serio, nao estar sempre ansiosa ou preocupada em fazer tudo certo, pq ai q acontecem as cagadas! se conseguir agir com serenidade, encarando tudo da maneira mais natural possivel, ai sim tudo fluira tranquilamente. mas agora, por favor, nao ache q e o fim do mundo, como falou, sempre ha jeito, se acha q foi hostil, peça desculpas, tente nao repetir... temos q aprender com os erros afinal ne. e o q ja te falei, pense em psicologo, psiquiatra, nutricionista, o q for, mas nao se deixe estar simplesmente, faça algo por ti, pois tu merece. bjuss amiga mais q querida :)

Srtª Vihh disse...

Nossa, querida, sinto muito pelo o que ela disse, de certa forma fiquei triste tbm...
Partiu meu coração.
Não fique assim, flor, tenho certeza de que as coisas vão melhorar, ok?
bjOus

such a silly girl disse...

olhando no meu painel, quando coloco o meu
login e senha, verifico as atualizações
dos bloggers que sigo.. parece que todos
têm uma sombra enegrecida que entristece
as palavras.. não há palavras felizes ou
amenas.. só sofrimento, e solidão.. o seu
não é diferente, ou o meu..
o que está acontecendo conosco?
beijos, linda..

Exahmia disse...

É tão bom qd chegamos a conclusões dessas :)

Vi que adoras Lady Gaga tb sou fan *

Obrigada pl apoio princesa

Bia disse...

Soh passei pra dizer um oi.

Cristal* disse...

Pois, eu estou ainda com sono, e anemia tenho sim e estou a trata-la, é chato mesmo.
Linda, apesar de tudo sei que deve ser fácil de assumir mas tens quem te apoia, quem te diz que tens qualidade, tens um emprego bom, colegas amáveis pelo que contas e apenas te cabe a ti de lidares com essas situações parvas e ofensivas.
baci*

Linnah; disse...

as vezes eu penso em como o ser humano parece masoquista de certa forma. Só a gente sabe o que a gente passa.
se cuida e fica com Deus.
beijos

bichos e mimos disse...

Vc ama animais??Então temos algo em comum! Visite nosso blog:www.bichosmimos-teresina.blogspot.com, comente, faça sugestões. Mi-Aubraços!!

(●• LIA •●) disse...

Saudades de ti amori!

Beijos!
(●• LIA •●)

Less_y disse...

Ai Marcy, a situação é, como vc disse, devastadora. Mas deve ser encarada como um incentivo. No estado em que me encontro, ligaria sim, apesar de que provavelmente ela esteja querendo te vender produtos pra emagrecer.

Faça o que achar melhor pra sua auto-estima.


beijo, querida! ;*