terça-feira, 23 de fevereiro de 2010


E o dom de desistir, e o dom de entristecer, transformar tudo em algo perdido.
Não sei como estou, ando meio louca. Trabalho, me atrapalho...
Sei lá.
O último abraço, as lágrimas, o desânimo e um pouco de força.
No final tudo deve acabar bem, mas eu queria um pouco de alegria no meio.