sábado, 22 de maio de 2010

Uma busca, um encontro, trapalhadas...

Ando ausente, eu sei. São dois os motivos de eu não vir aqui com mais frequência postar: Medo e cansaço. Cansaço porque as vezes quero chegar em casa, dar um pulo no chuveiro e deitar sem pensar em nada, ou pensar em tudo, sei lá. Medo... Bom, isso é um pouco mais complicado. To tentando me acertar comigo, tentando viver melhor, tentando me amar, e tem horas que eu acho que finalmente atingi 100% desse objetivo, o tal do amor próprio. Aí tem momentos de depressão que quase, eu disse quase, me derrubam. Uma situação, um comentário, um medo, uma lembrança, uma roupa no provador que ficou apertada nos braços. Aliás, voltei a provar roupas, coisas que eu não fazia há, sem exagero, mais de seis anos. Então, meu medo é de vir aqui, começar a escrever e escrever sem parar- porque isso é meio compulsivo também- e acabar cavando e abrindo lugares que deveriam continuar escondidinhos e fechados. Mas meu amor por vocês é outra história, esse continua o mesmo, a saudade também é imensa.
Aqui é meu lar.

Outra coisa é que pensei em mudar o meu “nickname”, to com medo, estou me sentindo meio em perigo. Aconteceu o seguinte: Tenho twitter, um verdadeiro, com meu nome seguido de marcy, não diz minha cidade, meu estado, nem endereço de blog nem nada que faça alguém me achar, alguém conhecido. Eis que uma colega minha me achou no twitter, e lá fui eu apagar um monte de posts onde falava mal, inclusive dela. Enfim, to com medo de ser encontrada aqui. Mas me recuso a excluir ou fechar esse canto, porque ele é uma parte muito importante da minha história. Já excluí outro blog uma vez, e me arrependi.

Sobre a festa... Não fui porque eu tive um terrível ataque de asma, estava feia a coisa. Já fui no médico, estou me medicando, me rendi inclusive a um medicamento de emergência, cujas conseqüências são inchaço, enfim, mas agora to melhorando, e dia 11/06 lá vamos nós em nova festa!

Estou me esforçando muito pra melhorar, e tenho capacidade pra isso, ainda sou uma comilona safada que quer e vai emagrecer, preciso fazer certos sacrifícios, e tenho muitas qualidades. Ainda tenho meus momentos de acordar inchada, me sentir feinha, gorda e sem confiança, mas são momentos. E sabe... Vocês também, espero que consigam reconhecer tudo de bom que há em você, o quão maravilhosas são e quanta felicidade merecem, porque vocês realmente merecem.

Outra coisa que aconteceu. Me senti mal no trabalho, acho que a minha pressão baixou. Terminei meu horário e peguei um ônibus pra vir pra casa. Na hora que eu vou descer, meus joelhos simplesmente cederam, e eu rolei pela escada do ônibus até uns dois metros de distância na rua do chão. Foi uma das maiores vergonhas da minha vida. Ralei minha mão e meu joelho. Um rapaz veio me ajudar, eu disse pra ele ‘que vergonha’, ele falou ‘acontece’, me mandei dali, nunca mais pego aquele ônibus nem desço naquele lugar.

Continuo escrevendo demais não continuo?
Amo vocês.




11 comentários:

ThinPrincessC disse...

espero q tudo fiqe melhor i cnsigas encontrar estabilidade para seres feliz.

tbm ando cnstantemente em preocupaçao cm medo q algm descubra o blog.

beijoo* <3

Atras da verdadeira identidade anaemia disse...

querida..espero q vc encontre td em vc p ser feliz...e q vc consiga se controlar no q se refere a comida (mt facil falar neah)...espero q vc prossiga com sua caminhada obtendo o sucesso esperado..bjs noS2

Mine disse...

Continue escrevendo que eu continuo escrevendo Marcy Linda do meu coração. Bjão

Srtª Vihh disse...

Nossa, amiga...
imagino que queria um buraco no momento da queda, não? para poder se esconder da vergonha, gentil o rapaz, viu?mas acontece?? bom, sei lá, se cuida
bjOus

Line ( Mais um dia aqqui ) disse...

não quero te ver triste amiga :-(
cuida do te joelho ! não fica se preocupando com bobagens, provavelmente voce não encontrar nuna mais aquelas pessoas do onibus, (grande parte delas sei la)
<3

♣♠ Almost Alice ♥♦ disse...

Amiga, onde é que compra auto-estima???
Bom saber que vc tá conseguindo ver o que há de bom em vc. Esse é o primeiro passo pra começar a emagrecer.

Sobre a queda, sei que não serve de consolo mas uma das maiores vergonhas da minha vida também foi num ônibus. tsc

Beijo enorme e saudades suas!
GABI

..:: Ana Paula ::.. disse...

Amoooooooooooooor da minha vida!! Coisa linda!! Minha bonequinha! Flor do meu jardim! CARALHO QUE SAUDADE FELADAPUTA!!!! Agora que desabafei, rs... Ausente eu tb to, mas eu acho que nem preciso dizer que vc tá comigo sempre, no pensamento, no coração.. às vezes eu vejo uma coisinha, lembro de vc na hora, abro um sorriso. Ouço uma música e lembro de ti, imaginando se vc ia gostar hahahahaha. Mas é assim, a gente sabe que por mais que o tempo falte, isso não apaga o que a gente sente. E eu até prefiro falar com vc uma vez no mes do sabendo que vc tá bem, do que falar todo dia as mesmas lamentações. Ve o quanto vc mudou?? Eu fico mt feliz de chegar aqui e ler que vc tá melhor. Alias, depois me ensina pq eu to precisando.. Por mais cansada que vc esteja, não é como há uns meses que tudo era tão preto e branco. Nem me fale em provar roupas.. eu faço isso com uma certa frequencia, mas não é agradável. Minha mae ri quando eu digo, mas é a verdade: as roupas estão menores. E isso diminui minha auto estima. Tem calça aqui de mil anos atrás, numero 40 e me servem mt bem, quando na loja uma 44 nem passa pelo joelho. Serião.

Acho meio improvável alguém te achar aqui, a não ser que haja no twitter alguém que não use o perfil verdadeiro, e sim o do blog. Ai talvez possa ser uma conexão. Isso já aconteceu comigo. Internet é um lugar mt, mt pequeno.

Amor, esquece o mico, já passou. Aconteceu a mesma coisa comigo ano passado, mas foi na faculdade, com um monte de conhecido olhando. O saltinho da minha sandália quebrou e eu fiquei andando o dia todo parecendo uma retardada, mas assim é a vida... Se nadinha acontecesse a gente ia morrer de tédio.

Abbbbbbbbbbiga, quero mt falar com vc no telefone... me manda uma mensagem quando vc puder falar, um fds.. eu ligo na sua casa. Sobre o meu celular, nao mudei, continuo com o antigo, aquele é novo, mas to com os 2, tendeu?? Rs.. pode mandar msg pra qq um deles. Ahh, tem selinho pra ti no blog, to louca pra ler suas resposts. Bom, fico por aqui. AMO AMO AMO AMO AMO AMO AMO AMO AMO AMOOOOOOOO DEMAIS VC!

beijões!!

..:: Ana Paula ::.. disse...

Ahhh e nunca se esqueça! BATE FORTE O TAMBOR! Haja o que houver!

_fabi ੴ°• disse...

Oi.
Sou nova aqui, vim mesmo fazer uma visitinha..
Me identifiquei muiiiito com vc, principalmente na parte do medo, tbém tenho, de tudo que vc descreveu.
Linkei vc no meu blog.
Se puder me link tbém.
Boa noite.

Lady Psychosis disse...

Oi Marcyyyyy!

Estranho... ás vezes eu também sinto medo de postar. Tem vezes que fico sem abrir a minha página do blog por dias, semanas. Até tento postar, mas não consigo.
Porém, eu nunca havia visto por esse angulo que vc citou... Realmente! Vou pensar nisso.

Enfim...
Você não imagina o quanto fico feliz em saber que você está melhor. O contraste entre "o antes" e "o agora" é impressionante.
Parabéns!!! Você deu um passo e tanto :D

E quanto ao mico... é como o moço disse - 'acontece!'. Mais tarde você vai estar rindo disso.
Pelo menos você não se machucou muito com o tombo, é isso que importa =)

Beijinhos! Tudo de bom!
Saudadeeeeeees! ♥

psicoanna disse...

Deixei outro selinho,qro ver suas respostas.

Bjkas