sexta-feira, 25 de junho de 2010

Eu odeio dietas tanto quanto odeio compulsões...

Desde já peço desculpas pela sinceridade do post...


As vezes eu me irrito mesmo, e como me irrito, com aquelas pessoas que dizem: “Poxa vida, fulano me disse que eu estou muito magra, mentira porque eu to gorda, uma porca. Depois mais 25 mil pessoas disseram que eu to magra demais, poxa, elas precisam de óculos, será que eles não notam que eu sou uma vaca?” Ninguém precisa vir me explicar o que é anorexia, porque eu sei que a pessoa se enxerga gorda e tal, mas não posso ficar alheia a isso. Também é um pouco de amargura, porque isso despertou quando uma colega disse: “Vamos perder esse pneuzinho na barriga dona Marcy!”
Há cerca de seis meses o que mais me importava e me ocupava era, exatamente nessa ordem, as compulsões, as dietas e a tentativa de uma vida. Agora eu estou vivendo a minha vida, e em segundo plano estão as dietas e as compulsões. Se eu quero ser magra? COMO QUERO!

Mas deixe-lhes contar... Eis que resolvi tomar diet shake com uma outra colega (que pra variar é magra), além daquela merda ser horrível, só servir pra me mostrar que eu não caso bem com esses radicalismos. Eu preciso mesmo é me alimentar, e isso não quer dizer comer pão de queijo, bolo e esse tipo de coisa gordurosa. Talvez eu deva mesmo me render a tão odiada por uns e aclamada por outros, a famosa reeducação alimentar.


Quanto mais eu penso em dietas, quanto mais eu tento dietas, quanto mais eu tenho compulsão.

Pensei em um plano, primeiro eu vou reduzir a uma vez por semana todas as porcarias que eu como diariamente, como uma fatia de torta da confeitaria maravilhosa, o pão de queijo da mesma confeitaria, batata frita então, não por um bom tempo, qualquer fritura não por um bom tempo. Agora, meu maior problema... Como me livrar da Coca-Cola? Detesto a zero, agora a normal...

Enfim, como diria Conrado, eu só me fodo nessa merda.

5 comentários:

Cristal* disse...

Olá linda, espero que não caias em desespero. Deves muito bem ir ao nutricionista, tentar adoptar uma alimentação saudável e se possível aprender a cozinhar comida saudável para não recorrer a porcarias.
Boa sorte.
Baci*

Andie disse...

Marcy, minha queria Marcy =)

Você já sabe do que precisa, já sabe o que precisa fazer para dar certo. Tens forças suficientes para isso, mas primeiro é preciso perseverança e disciplina. Se você tem isso no emprego, na vida, na escola, por que não ter para consigo?

Confio em você e, como sempre, por mais sumida que eu ande, por mais que nunca comente, estou sempre às voltas por aqui.

Uma amizade que a dor uniu, ninguém separa.

Te adoro ♥

Bellatrix disse...

Olá! Adorei o seu blog, franco e verdadeiro como um blog pessoal tem q ser. Tinha q deixar um comentário =)
Então, tem mta gente q se acha mais gorda ou mais magra do q é, não sei se dá pra gente condenar mto, afinal toda mulher ocidental contemporânea é socialmente construída p/ isso. Mas não basta se irritar, tem q ter solidariedade, compreenção, claro uma boa dose d franqueza, mas sem ser rude. Ou pelo menos é oq eu tento fazer.Nunca precisei fazer uma dieta, mas acho q se alguém tem um problema concreto d sobrepeso, deve sim procurar fazer RA, afinal é mais saudável do q dietas, mais duradouro, e tal. Se é o q vc deseja, perder peso, espero q vc consiga e q encontre o melhor jeitod fazer isso. Boa sorte!
bjos

PsicoAnna disse...

Compulsão, dieta, hipocrisia, o inferno na terra. Só sei que preciso ser magra e urgentemente...

Faz uma R.A, demora, mas p/ quem está nisso aki há anos, não é grande coisa...

Horrível é a Coca Light, a Zero não axo ruim não, mas de qlq jeito, não costuma tomar refrigerante, foi a primeira (e única) porcaria que me livrei. Força que vc se livra tb.

Bjoss

Katie disse...

Como eu preciso disso!
Mas é precisa tanta coragem. Não sou forte assim!
Tu vais conseguir!

beijos