sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Procura-se um rumo

É como se eu estivesse assistindo minha regressão. Não consigo mais reagir. Não correspondo de forma algumas às expectativas criadas pela minha mãe, e não consigo compensar isso. Vejo a menininha que eu vi crescer, que eu adotei como minha irmã, tendo atitudes que eu sempre repudiei. Mas afinal, quem aqui está farta de falsas expectativas? Bebi demais, mesmo. Na última vez, sozinha no meu quarto com uma garrafa de cachaça, caí, me cortei e fiquei com hematomas roxos. Não, realmente não é essa vida que eu quero. E é isso que me tira do sério, a sucessão de erros repetidos, dia após dia, os mesmos erros, um errar consciente. Comilanças se repetindo na minha vida novamente. Excesso de laxantes. Falta de remédios controlados. Preciso jogar algumas coisas fora, definitivamente.


7 comentários:

Pucca disse...

Não consigo pensar direito, esse post me bateu forte. talvez porque me reconheci nele.
se cuida!

Betty Calories disse...

Oh querida, força!
Imagino como te estejas a sentir, mas vai encontrar o teu rumo, acredita!
Beijinhos, princesa.

Taylor Momsen disse...

Ô florzinha linda, obrigada pela força em meu blog, cada comentário é sempre muito importante pra mim.

Minha linda, eu entendo sua situação, é muito chato se sentir assim, mas tenha calma meu anjo, pra vc dar a volta por cima, vc precisa entender ki as mudanças vão acontecer aos poucos, talvez vc esteja repetindo os mesmos erros todos os dias, por tentar superá-los de vez, mas as coisas não acontecem assim, vá com calma, mude algo todo dia, algo pequeno, depois isso se tornará algo que fará uma diferença grande. Força aí pra ti minha linda.

Bjoss

..nandinha.. disse...

querida, queria poder te dizer qq. coisa que pudesse te deixar menos triste.
mas digo que vc vai se levantar, vc sempre se levanta. e to aqui pro que der e vier.
bjossss

Talita Oliveira disse...

Me vi em cada pedacinho desse post.
Desejo-te "uma fé que move e uma força que não cabe imaginar"

Seu blog é de uma sinceridade e beleza singular. Amei!!!

Beijos, flor.

Janna disse...

Linda, estou te seguindo! *-*

me sinto assim... e ultimamente tem sido pior... cada vez pior!
Mas eu tenho certeza que vamos sair dessa... chega de comilanças!

cheirinho linda

Strange disse...

Flor,deixa eu te esclarecer uma coisa,quando eu fico sumida do seu blog não é porque eu não quero comentar é porque não aparece no meu painel.Eu adoro seu blog e adoro você e agradeço pelo seu carinho.Quando precisar conversar é só chamar:)
Bjoo