quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

A síndrome do provador frenético



Não sei se esse tipo de estupidez só acontece comigo, só sei que dei um nome. Síndrome do provador frenético.
Quem já foi ou é acima do peso sabe o quão deprimente é aquele momento em que você enxerga uma roupa, se apaixona e ela não serve, e não, eles não tem um número maior. Isso é uma droga, e faz com que você se sinta um lixo. Já passei por isso, tanto é que nos últimos dez anos quem compra minhas roupas é minha mãe, sim isso mesmo, e olha, ela me conhece muito bem, acerta 99% das vezes. OK. Em novembro e dezembro resolvi olhar as vitrines, entrar em lojas, superar esse pânico de ir as compras. Tinha em mãos uma arma perigosa, mas claro que eu não percebi isso. Uma arma com chip, senha e um limite para o qual eu não tinha preparo para lidar. Não sei a razão pela qual o banco liberou aquela porcaria. Eu estava em uma situação financeira melhor também, não imaginei que em dois meses eu ficaria lisa. De repente aquele vestido lindo entrou, e eu fiquei com medo de roupa nenhuma de outra loja servir, e levei o vestido. Depois outro vestido de outra loja coube. O mesmo medo, então pra que pensar demais? Comprei o outro vestido! E isso se repetiu algumas vezes, em algumas lojas. Estourei o cartão, tive outras despesas, fiquei sem dinheiro e a fatura chegou. Como vou pagar? Não sei, a princípio não vou conseguir pagar nem o mínimo. E o mais engraçado disso tudo é que lá no fundo eu pensei: “Azar, tenho as minhas roupas, elas serviram em mim.”
Mas poxa Marcy, o que te deu pra fazer um desabafo no maior estilo Becky Bloom? É que isso só me fez ver o quanto os transtornos alimentares estão presentes e atrapalham tudo na nossa vida. Não é só a questão social, psicológica, familiar e de saúde, é uma questão financeira também. Não fosse tamanha insegurança eu teria ficado satisfeita com uma roupa, até porque só usei um dos vestidos uma única vez! E o pior: Tenho tido tantas compulsões ultimamente que ando com medo de que eles fiquem apertados. Hora de correr atrás e choramingar menos. 




Semana que vem trabalho novo. Não vou pensar nisso como um passo para trás nem como um passo para frente. É algo que eu tive que fazer, ponto. Também vai ser bom me ocupar, trabalhar oito horas por dia, cansar. E depois, hora de pagar as contas.

Morrissey, meu cantor favorito dos favoritos dos favoritos vem ao Brasil, vem à Porto Alegre, e se tem algo do qual eu NUNCA me arrependi, é da grana gasta em shows. Então uma boa parte do meu primeiro salário no novo emprego será destinada a compra do ingresso. Que sonho.




*_*

23 comentários:

Lua Branco disse...

é somos duas, não é só você não >< eu como balofa, sempre acontece isso comigo, é mal isso. eu me sinto tão gigante, mas não se preocupe, você vai emagrecer assim como todas nós estamos no rumo a perfeição. e vc vai conseguir, siga confiante ok? obrigada pela força no meu blog, beijos foco e força pra ti ^^

Rose Cassée disse...

Também já estourei meu cartão, pior é que depois tem a taxa de estouro, mais os juros e biriri...
Bah Marcy, sei que te conheço há um tempão, mas não lembrava que tu é de PoA 0.0'
Tu faz facul por aqui?
Bjos, força no novo trabalho e na dieta! ♥

m.m. disse...

Ai isso acontece! mas é tão bom nos dar presentes né? Depois a gente trabalha, corre atras do preju, que nem com a comida hehe.

Boa sorte no seu trabalho novo!

Bjinhos

C* disse...

oi flor desculpa a demora pra vir, nem respondi direito os últimos comentários, ando dormindo demais... brigas matrimonias, ando na fuga do sono.

tomo venlafaxina 150gr e topiramato 50g 2x por dia, uma de manha e uma a noite

ja passei anos tomando fluoxetina e rivotril e ja experimentei tudo quanto é remedio anti depressivo

tenho transtorno de ansiedade generalizada eu achava que era tdah mas descobri que minha distração vem da ansiedade e com ela desenvolvi minha TA de compulsão alimentar

daí como sou doida resolvi procurar ajuda em blogs pró ana pq nada mais resolvia! e ta dando certo! doideira total!

aí descobri que sou mia e não sabia... sabia q tinha um pé mas não sabia q ja tava nela... e ando tomando cuidado

quanto ao post:

não se culpe: eu te entendo!

reconheça que isto pode virar uma nova compulsão... cuide de ti amor... e da próxima vez q tal ir com a SUA MÃE fazer as compras? não te julgo... mas de repente ir sozinha nao eh legal por enquanto que tal?

eu gosto de comprar coisas sozinhas mas mtas vezes eu experimento na hora e da certo e depois fica péssimo aff

bjao

G Carvalho disse...

Tbm já passei muito por essa síndrome e sei o quanto é frustrante :(
Hoje vivo o contrário do que vivia antes, antes tinha grana pra comprar, mas as roupas bonitas não me serviam, hoje que as roupas me servem, estou dura :( Que ironia do destino ne?
Espero que o dinheiro chegue pra gente, porque viver assim ta difícil viu!
Beijos linda!

G Carvalho disse...

Ah, boa sorte com o novo emprego!

The Teen Spirit disse...

To seguindo aq!
kkk isso acontece tb comigo. Aconteceu semana passada, qnd minha mae me levou para fazermos compras para viajar. kkk agora sei como chamar essa "sindrome".
Kikis

Mari disse...

Ah, menina, nem me fale. Sei como é isso - a não ser pelo cartão, já que eu uso sempre os dos meus pais. Mas a compulsão não é só alimentar não, também descobri que tenho compulsão na maioria das coisas. Isso que dá, ser extremista. É... Mas temos que aprender a lidar com isso. E o importante são seus vestidos novos, hahah. Beijo

Anna Rozan disse...

É,sem muito bem como é a sensação de entrar numa loja e nada servir e ficar frustrada com isso,eu acho que você ficou tão animada com a sensação de se sentir magra,de poder usar tudo o que vc sempre quis que acabou exagerando na compra,mas agora é correr atrás do prejuízo,né :)
espero que dê tudo certo pra você ,que vc consiga pagar tudo certinho,que você não tenha compulsoes nem nada ,beijos e FORÇA!

A Noiva Cadáver disse...

Nem me fale querida, o Ta também me individou de certa forma, e provar roupas, nossa isto para mim é uma tortura, nada nunca serve da maneira que deveria.

Tenhoq ue começar a trabalhar logo, e estou vendo como tu, não é um passo nem para traz e nem para frente, apenas tẽm que ser feito.

Um beijo e obrigada pelos seus comentários.

Um abraço

Yara disse...

Eu não entro num provador por nada nesse planeta. Pense nuns espelhos que te deixam feia em qualquer ângulo... ngm merece. Isso quando o espelho da loja não emagrece, e aí vc sai se achando o máximo e quando veste a roupa em casa: tragédia.
Por isso eu quando gosto de uma roupa, compro de todas as cores, igual, no tamanho que acho que cabe... e depois me entendo com as roupas em casa. hahahaha
Relaxe, flor, com calma, paciência, persistência e sangue frio, tudo vai pra frente.
beijinhos
força e controle

Exahmia disse...

Ah relaxa. Mas promete a ti mesma que nunca mais voltas a cometer esse crime, e a salvação virá.

E, pelo menos compraste cosas que te servem, eu em tempos comprava coisas que nem cabiam em mim só para depois me torturar e sonhar que iria lá caber - era surreal - isso sim é gastar dinheiro em algo estúpido.

Anna Sophia Robb disse...

Poxaa acho que tb tenho isso kkkk
Fiko com o coração aceleradoo quando vou comprar roupas,ainda mais quando são calças e as mais bonitas e justinhas...naum servem em mim...acho q isso nunca vai sair da genteee coisas de quem éh ou já foi gordo mesmoo!
Ain Marcy sabia que eu te adoroo?kkk vc éh um doce amorzinho te adoroo viu!obrigadaa vc sempre me apoia muito fiko muito agradecida por isso e feliz tb!
E boa sorte em seu novo empregoo linda*_*
beijosss

Dreaming Out Loud disse...

Noossa, flor, eu sei bem como é isso. Eu tbm sou assim. Se uma roupa serve eu tenho que levar, mesmo que nme goste tanto, pq tenho medo de nada mais servir =\
é mesmo uma droga =x
[obrigada pelo comentário. Boa sorte e se cuiida *-*]

Jєѕѕ ♥ disse...

Nunca usei cartão porque nunca trabalhei, então...
Minhas contas que paga é meu marido, por isso sempre tomo cuidado pra não estrapolar.

Divirta-se no show.

Beijos.

Janna disse...

Ai.... como eu me enxerguei completamente nesse teu post!
Já fiz isso várias vezes! Tenho medo de não ficar bem nas roupas e levo... já levei roupas até que não me serviam! Coisa que só quem já passou por isso sabe o que é!

Mas como você disse, logo começará o trabalho e as coisas vão melhorar!

Obrigada pelo seu carinho flor... adoro você! Adoro o que você escreve! SEMPRE!

Pode contar comigo!

cheirinho

ઇઉ Amanda Nárgela ઇઉ disse...

problemas alimentares...achei que apenas eu tinha...feliz em saber que nao sou a unica pois todas podemos nos ajudar,apenas ouvindo as angustias.bjks

Kati disse...

Oi flor...
Minha mãe tem problemas com consumismo e tenho uma amiga que mesmo não podendo compra um monte de roupa a toa...
Tem que tomar cuidado, nem sei se quero ter um cartão de crédito um dia...
é uma navalha disfarçada... hahha

Beijos

Ana disse...

adoraria ter um ataque de poder fazer compras assim, mas eu me sinto gorda demais pra ir até o bazar ali de baixo, imagine só se conseguisse comprar como a becky, haha',
aah, a musica do meu blog é When she cries, da Britt nicole, é uma graça né? sou viciada nela!
boa sorte e controle, agora voce tem incentivos né ;P
beijo ;*

Dory disse...

para começar, o título do meu blog é MESMO por causa da música dos joy division :) é das minhas preferidas e adequa-se ao meu caso :p
isso das roupas nunca aconteceu comigo, odeio ir às compras e acho que fica sempre tudo mal.. mas acho que compreendo, de certa forma.
BOA SORTE PARA O NOVO TRABALHO! na minha opinião É um passo para a frente, mesmo!
e ADOROOOOOOOOOO morrissey, que sorte!! espero que te divirtas muitooo **

disse...

Eu adoro ir em shows! Vale mais a pena do que uma roupa cara que pode não servir daqui a 2 dias. Eu só consigo esquecer que estou gorda e que minhas roupas não cabem mais em mim (e eu não vou comprar roupas mais largas, não mesmo!) quando estou curtindo um show. Em 2011, eu fui em 23 shows kkkk
Pensei muito a respeito do que vc disse sobre os 2kg em uma semana e eu concluí que vc está repleta de razão. É muuuuito mais fácil pensar assim.
Eu tenho uma mania horrível de complicar as coisas.
Enfim.
Muita força pra você e muito obrigada pelo apoio.
Se cuida
<3

Violet disse...

É, provadores me dão pavor. Ainda mais quando eu sei que nada vi me servir, e se servir nunca vai ficar tão bom quanto em uma garota magra.
Mas ok, a vid segue, e a gente supera e consegue mudar isso.
Força, minha flor s2*

Since Alice disse...

Eu sei que as compras geraram dívidas, mas apesar de tudo pensa também na felicidade que vc ficou ao compra-las, mesmo que esta tenha sido passageira.
Em quase 1 ano e meio só comprei um calça jeans há uns 2 meses, não tenho coragem de comprar nada, sempre na esperança de emagrecer.. =/

Ótimo fim de semana Marcy coração de ouro :)

beijos