sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

I need a rest. I need to react.


Cansei de tudo, especialmente de mim. Mas antes era suportável, eu tinha alguma coisa qualquer que me dava um impulso, leia-se remédios. Agora cá estou. Não aguento mais a minha mãe procurando novas formas de ser uma vítima dessa vida, focando sempre nos problemas, jamais nas possíveis soluções. A minha irmã que à sete mil km de distância consegue importunar todo mundo. A minha impulsividade e o meu desespero. 
Quem eu tento enganar quando digo que quero ser feliz? 




Queria poder conversar com a minha vó agora, ouvir os conselhos dela, ouvir ela me dizendo pra não dar ouvido para as loucuras da minha mãe, dizendo que é mais uma fase que vai passar, me pedindo pra rezar pro anjo da guarda. Mas ela não está mais aqui. Maldito mês de setembro, maldita primavera que levou ela de mim.

Maldita sou eu, que estou transformando a minha vida em um grande lixão a céu aberto.
Maldita inércia, maldita falta de vontade, maldita falta de remédios.
Onde está a Marcy que costumava ver o lado bom das coisas?
Queria tirar um tempo de tudo, inclusive de mim. A começar por mim, porque eu me sinto




E que venha o outono, pois as estações de sol só me trouxeram lágrimas.


16 comentários:

Mah disse...

Nossa, profundo esse post, aliás todos os seus são. Tbm queria dar um tempo de mim mesma, dar um tempo do mundo, mas não se pode fazer isso =/
O jeito é enfrentar a situação, pois mesmo que durmamos por dias, meses ou anos, quando acordarmos, os problemas estarão a nos esperar, talvez até piores...
Desejo-te muita força e firmeza, sei que a vida não é nada fácil. Porém, temos de vive-la ;)

Bejuh e ótima sexta pra ti flor!

Dreaming Out Loud disse...

"CALMA MARCY!" a frase que me ajudou quando estava me sentindo assim. Lembra dela?
Flor, obrigada pelo comentário, o post era sobre minha mãe e nossa a minha sim se fez/faz de vitima e desgasta todo mundo com isso, mas como disse não quero falar disso. Acho que nem vou excluir o blog, talvez me ausente, mas segunda decido.
Marcy, sério... eu sei como é se sentir assim. EU REALMENTE SEI, mas minha flor, você é muito especial e eu SEI que vai parar de pensar assim quando vc realmente descobrir isso. Tem muitas meninas que não gostam que falem sobre Deus, mas eu vou falar, tá? Ele é teu PAI Celestial, poxa, vc é filha dele e ele sabe exatamente o que vc está sentindo. Ele te ama como um Pai ama uma filha. Se você se visse como ele te vê (uma criação linda e perfeita) vc não se sentiria assim. Busque ele, peça ajuda, só converse com Ele, Ele é teu pai e tá aí pra te ouvir, garanto que ele vai te ouvir e vc vai sentir isso e vai se sentir melhor :)
Se cuida linda, se precisar de qualquer coisa tô aqui :)

L!mOnadah ♥Slemom X♥ disse...

Estações restauradoras e muita força!

Lunna disse...

Bem, eu só posso dizer que também estou aqui a esperar pelo outono. Anciosamente. Mergulhada em qualquer coisa de infortúnio... Os dias quentes me deixam sem ar e a pele fica a transbordar coisas alheias a mim...

bacio

Anna Sophia Robb disse...

Mozinhaaaaa q saudadesss eu te adoroo muito muito amor
Querida eu vou resolver os problemas q vem me deixando assim,tirar as tensão q estou por causa da escola e volto com tudo eu prometooo eu naum consigo fikar longe de vcs por nada desse mundoo!!
Eu te adoroo força aí flor,tá maior fuzuê aqui e eu tenho q ir!(parentes chatos do capetaa)conta comigo eu estou aqui e sempre vou estar!Bejú florzinhaa

Violet disse...

Minha linda, já disse que você escreve muito bem, não é?
Agora espero que você se recomponha e use todo esse seu talento para escrever um texto bem feliz, ok?
Mas que seja VERDADEIRO. Eu sei que você vai conseguir, não se deixe abater.
Força minha flor s2*

Srtª Vihh disse...

Nossa minha amiga... Me vi tanto neste texto que você não tem noção! Sério, já me fiz as mesmas perguntas tantas vezes... Bom que você, que nós melhoremos.

Ana disse...

você realmente escreveu uma coisa que eu me identifiquei muito!
estamos todas esperando pelo outono .. :/ se cuida,
beijos ;*

Alexia disse...

OI flor
Sou nova por aki =P
Estou te acompanhando
Se quiser dar uma espiadinha do meu blog e me acompanhar aki esta:
http://alexia-pda.blogspot.com/
Bjoss =***

A Noiva Cadáver disse...

Preciso encontrar aquela que via as coisas boas em mim também.
Boa sorte querida

Dreamer disse...

MARCY AMADAAA!

voltei pro blog!
pode contar comigo por aqui também. Gosto muuuito de vc e tenho saudades daquela época, das meninass, sei la!

ah se cuidaa ok

besos

รяª Nathalia disse...

Mesmo por ser um post triste.
Eu Adorei a sua sinceridade nas palavras.
Outono é uma das estações mais linda do ano.

Eu assisti O filme da Amélie á pouco tempo. E foi inevitável não fazer esse post : http://minhaformadeexpressao.blogspot.com/2012/01/le-fabuleux-destin-d-poulain.html

Adorei aqui, estou ti seguindo.
Bjs

Iwska Isadora , disse...

E que não percamos a sensibilidade, seria desistir de nós mesmos.
E no fundo a gente nunca quer isso.

Florir :*

Ana Paula disse...

anjo, vou te ligar quando eu estiver sozinha, quero mt falar com vc! te amo amo amo amo amo amo amo vc sabe né?
beijos, BATE FORTE O TAMBOR!

Vamp Plush Poison disse...

Meu pai não se faz de vítima, mas me culpa por tudo que dá errado... as vezes sinto um ódio crescendo dentro de mim que parece que eu vou explodir.

Anônimo disse...

Será que tua vida se resume só a balança, será que o teu peso é o melhor que vc tem a oferecer as pessoas que te amam????
Tb sofro com o peso,foram 22kl eliminados, mas sempre em alerta.
Me admira pessoas inteligentes, capazes de escrever textos excelentes, e não perceber como as coisas são simples, gaste mais do que ingere, vai passar 1 milhão de anos e a fórmula vai ser a mesma. NÃO dificulte as coisas que são simples, mexa-se.