quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Não nasci para ser Don Corleone

Coloquei ela como "irmã" entre aspas, dizendo que ela não significava mais nada pra mim. Senti raiva, disse à ela coisas que deveria ter mantido comigo, coisas de momentos de raiva, desespero e cabeça quente. A decisão foi tomada, e hoje ela está voltando para a casa do pai, com suas irmãs biológicas, onde ela nunca morou, só esteve como visita, passando férias. O período determinado foi "um ou dois anos", mas eu sei que a possibilidade dela voltar a morar aqui é muito pequena.
Mas percebi o quanto a amo, e o quanto lamentei a perda dela, pela segunda vez vejo a minha irmã se mudando, e eu estou morrendo por dentro, da mesma forma como morri com essa história cerca de dez anos atrás.


Decidi que não deveria pedir desculpas, mas pedi que ela aceitasse um presente meu que eu usava nas horas difíceis, para rir e esquecer dos problemas. Dei à ela minha semi-coleção (faltam alguns DVDs) do seriado Friends, que ela adora tanto quanto eu. Nesse momento todo meu esforço par segurar as lágrimas na frente dela foram pelo ralo, e eu chorei como em poucas vezes o fiz na minha vida. Ela me deu um abraço, e a minha vontade foi que aquele momento durasse para sempre. E pedi desculpas pelas palavras duras de domingo. Sim, pedi desculpas.


Somos irmãs, ainda que não de sangue, e nos amamos com nossos erros e acertos, e vamos passar pela segunda separação mais difícil das nossas vidas, e um pedaço de mim está morto.
Ela tem quatro anos antes de terminar a escola (ensino médio e cia), e é esse o tempo que eu tenho, quatro anos, para me ajeitar em todos os sentidos, abrir uma poupança que servirá como fundo de faculdade para ela, pelo menos para um primeiro semestre, considerando as reais condições de vida de um ser humano de classe média baixa como eu. Mas vou trazê-la de volta.
Eu disse para uma amiga que a minha fé tinha morrido, junto com meus sonhos, mas acho que isso não está bem certo, porque todos os dias eu vou rezar para que ela realmente amadureça aqueça cabeça de vento enquanto estiver lá, e possa voltar depois para cumprir a missão dela de uma maneira honrosa, assim como eu quero cumprir a minha.



Agora seremos só eu e a minha mãe, que aliás, prometeu que vai cuidar um pouco mais de si mesma. Sei que dias difíceis virão, sei que eu vou querer morrer, me cortar, apenas dormir, me isolar. Mas no meio de todo esse lixo no qual a minha vida se encontra encalhada, espero tirar forças de algum lugar. Talvez para isso eu precise inventar uma realidade paralela e fazer cosplay do Fantástico Mundo de Bobby, só sei que vou ter que arranjar uma forma de não me entregar de vez à inércia.

30 comentários:

C* disse...

oi flor quanto tempo
q post forte
peguei este desenhinho fofo parece eu e a S* espero q nao se importe
bjao e força

Wildflower disse...

Meo, quantos sentimentos... raiva, explosão, perdão... Não sei nem o que eu te escrevo, acho q não sou muito boa com isso... relações em família são complicadas, uma hora a gente perdoa, outra hora a gente quer que morra... Acho que a gente acaba aceitando tudo no final...
Boa sorte nessa nova fase... Fique forte. Bjs.

A Noiva Cadáver disse...

Que triste querida.
Não tenho palavras para te oferecer ante tal situação.
Espero que consiga te manter em pé.

Mariana disse...

Continuo acompanhando você. Ainda que eu não comente nada.
Espero que as coisas se ajeitem, Marcy. De verdade.
Um beijo

Anna Williams disse...

Marcy, realmente esta situacão é muito difícil. O que me encanta é a sua coragem e o seu caráter impecável. Você tem um coracão tão grande e o que você está pensando em fazer no futuro pela sua irmã realmente é admirável.

Wildflower disse...

Vi seu comentário no meu blog... como há uns 4 meses atrás eu também estava a ponto de "vender 1 rim" como vc citou, vou te passar onde consegui: compreakimelhor@gmail.com
Eles trabalham com o PagSeguro. Foi o único q consegui com garantia de entrega, após ser enganada por outros anúncios da internet...

Lizzy disse...

Obrigada pela força, vou seguir seu conselho para ver se consigo melhorar! :)

Muito triste mesmo essa situação. Acho que não importa o que as pessoas digam, nada vai mudar o que você está sentindo. Então, tudo o que posso fazer é desejar melhoras e força. Muita força. Fique em paz :/ s2

LILI disse...

Marcy!
Lindo vc pensar em poupar dinheiro em nome do da sua irmã.
Os sentimentos não se medem pelas palavras e sim pelas ações. Tenha certeza que dar o presente pra ela foi um grande gesto. Como será mais ainda ajuda lá no futuro. o que demonstra quanto á ama e lhe quer bem.
Não se entregue á inércia! Lute contra isso. Eu estou lutando para sair de uma e tá difícil demais.
PS: Se vc gostou do desafio participe! mesmo não se pesando, até pq não precisa provar pra ninguem que emagreceu, só pra vc mesma e os resultados vc sentirá concerteza!!!!
Beijos*

Priscila Lima disse...

Bonito, sincero, verdadeiro e triste seu texto. Realmente é uma situação complicada, porém deu pra perceber que vcs se amam, e isso, sempre ligará vcs.

Bjs

Aivi disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Aivi disse...

Oi Marcy! Que barra! Como vc disse, a separação é para o bem das duas em que vcs amadurecerão e serão pessoas melhores. Há males que vêm para o bem e saiba que Deus está contigo e com sua família sempre! Tenha fé e tudo dará certo ^.^
Beijos!

Janna disse...

ô amor, você é mesmo uma princesa!
Uma fofa!!! Nada de durona como o Don... você é doce e provou isso agora, com suas palavras sobre sua irmã!
Espero mesmo que você consiga se estabilizar... também tô pensando em coisas assim... quero poder garantir um futuro melhor para aqueles que eu quero bem!
Força princesa... e se precisar de mim, estou aqui!

cheirinho linda

Mari disse...

Estava morrendo de saudades daqui. Seu espaço é maravilhoso, tua escrita então?

Nossa, senti um pouco do que sentiu só de ler seu texto. Você é uma princesa, e fico encantada com teu tratamento pra sua "irmã". 'Só' mais quatro anos... Muita força.

Beijos, se cuida

Prih disse...

Irmãs são irmãs apesar de tudo...não sei muito bem oq te dizer :(

Megan disse...

oiee, tava com saudade de vc.
Bem complicada sua situação, mas tente evitar brigas. Só vai fazer mal as duas
beijo, se cuida ;*

Gabsi B. disse...

OOw minha amiguinha linda,

Todo mundo que tem irmão sabe que esses arranca-rabos acontecem e daqui a pouco fica tudo bem.
Você vai ser forte, eu sei.

Love you. ♥

J.S disse...

Achei seu blog por acaso e adorei.
Não se corte! Não vale a pena.
Já me cortei, e me arrependo muuito.
Hoje em dia tenho só as cicatrizes horriveis que nunca desaparecerão!
E não se isole, vai ser pior.
Falo por experiencia própria.
Visite meu blog:
http://sejaanasejaperfeita.blogspot.com

Beijos

J.S

Kati disse...

Flor... honestamente não sei o que escrever...
Minha relaçao com minha irmã... Vc me fez pensar um pouco...

Beijos

Ana* disse...

As relações com a família às vezes são um pouco complicadas. Neste momento eu não me dou nada bem com a minha irmã, não a suporto.
Mas as tuas palavras deixaram-me a pensar...

estou te seguindo, beijos

Jєѕѕ ♥ disse...

Ah Marcy =( que triste essa separação, mas tenha fé que ela irá sim voltar, e vcs vão ficar unidas de novo.
Beijo.

Alice disse...

Olá, vim lhe retribuir a visita, e obrigada. Sim, the sound of silence é uma música linda! Ah, compartilho dessa vergonha, eu os critico (humanos), mas faço parte deles...

Fico triste com a situação em que se encontra, e entendo como se sente, muitas vezes, no calor do momento, da raiva, fui extremamente grosseira com aqueles com quem tanto me importo. E acho que no final, é isso que importa, que você a ame. E se você a mostrou isso, não há muito o que se preocupar, ainda há muito tempo pela frente.

Espero que encontre suas forças,
boa sorte com tudo, querida.

Küss

Roxy disse...

Nossa amor... Que ruim isso que aconteceu entre vocês...
Masmesmo assim, depois de tudo, fica nítido neste post o quanto você a ama...

Espero que com o tempo tudo volte a ficar bem entre vocês.

Tenha uma ótima semana, princesa ;*



Kisses, Roxy. ♥

Srtª Vihh disse...

Oi. Que post triste, sinceramente...
Não sei realmente porque sua irmã teve de ir, desculpa, ando sem tempo para o blog e afins, mas...
Você vai superar tudo isso, aguenta firme,o importante é que ela não foi sem ouvir suas desculpas e a sua consciência ficou um tanto limpa.
bjous

Menina no Sotão disse...

Não sei o que dizer, talvez baste dizer "respire fundo" e dê um passo adiante. Será que basta? Não sei. Eu nunca sei o que basta de fato...
bacio

รяª Nathalia disse...

Eita Guria.
Tempos difíceis sempre virão.
O jeito é aprender a conviver com ele, por mais foda que seja =/

Alice disse...

Foi importante ter pedido desculpas, se não tivesse feito, a essa hora estaria arrependida. Tem horas que é melhor deixar o coração a frente das coisas.
Será uma fase dificil, ter alguém em casa e dps não ter mais é complicado, a falta e o silêncio vão te deixar mais triste né? mas vc é forte sim e vai ter que aprender a lidar. Talvez isso tenha sido o melhor pra ela.


Força Marcy, a saudade vai apertar muito. =[

Beijo!

(●•Lia •●) disse...

Não é nada fácil!
E sei da sua situação que passou como eu! Perde alguém que amamos e depois ir embora que construímos laços fortes!

Mas vc não pode se entregar e tem que lutar sim!
O seu carter sua determinação em fazer algo para sua irmã é raro hoje em dia!

Que o futuro para duas seja mais prazeroso!

Forças minha linda!

Abraços!

Dinha disse...

Se você soubesse o quanto me fez feliz ver você reconhecendo o equívoco e voltando atrás sobre as coisas com a sua irmã..
Simplesmente maravilhoso. Me encheu de amor de forma que e preciso ligar pra minha irmã nesse exato momento e dizer pra ela que a amo. =)

Ser irmão mesmo que não de sangue é um laço muitas vezes maior que pai e mãe. Por que não há a obrigação de amar, cuidar, ensinar... Se fazemos isso é por puro amor e carinho, de desejar que a pessoa não sofra as mesma cosias que já passamos..

Fico feliz por você, espero que se lembre dessa saudade toda vez que as discussões, super naturais, acontecerem. Passei por exatamente a mesma cosia com a minha irmã, ainda passo muita raiva com ela, mas nada maior que o amor que tem entre nós. =)

Parabéns por dar o braço a torcer, poucos fazem isso..
beijos.

Holly disse...

Oi Marcy !
Que complicado isso, mas com certeza você deve amá-la muito. Até deu a coleção do Friends, eu como hiper-fã do seriado sei o tamanho desse presente tão simbólico que deu.

Amor apesar de tudo nunca acaba, guarde isso e o destino talvez una vocês novamente.


Mudando de assunto agora, eu estava lendo o meu blog desde o início e te admirei tanto porque desde o início você esteve presente na minha vida. Sempre com palavras doces e conselhos de irmã.
Quero lhe agradecer por tudo, muito obrigada de verdade por se importar comigo.

Espero que tudo dê certo para você, e que se sinta melhor daqui a um tempo. Eu sei que as coisas irão acertar pois durante todos esses anos a vida se tratou de trazer coisas boas tanto para mim como para você.

Não desista e invista em você.

Um grande beijo e que você tenha um ano maravilhoso ;)

Vamp Plush Poison disse...

Tente fazer a pazes com ela antes que seja tarde demais... minha irmã morreu me odiando e eu ignorando ela.