segunda-feira, 9 de abril de 2012

Máscaras



Sexta-feira santa chego no trabalho cantando uma música do David Bowie.  Depois que fiz minha pequena performance para dois colegas ouço o seguinte:
-Ela está animada hoje... aliás, quando ela não está, né?


Em meio a toneladas de frustrações descobri que de nada adianta andar por aí se lamentando. Eu estava trabalhando de mau humor devido aos problemas em casa, chegava em casa de mau humor por causa do trabalho, e obviamente, chegou o momento em que não deu mais. 
Passo o dia dando risada com meus colegas, realmente me divirto com eles, depois chego em casa e tenho conversas animadíssimas com a minha mãe, ou faço ligações cheias de risos e planos para um ou outro amigo. Ninguém precisa saber que estou morrendo por dentro,exceto aqui, onde me sinto à vontade para falar sobre aquilo que me corrói.

Os acontecimentos dos últimos meses realmente me destruíram, me desestruturaram e tiraram meu chão, mas acho que é chegado o momento de levantar e juntar os pedaços, e de uma forma ou outra comecei a fazer isso, aos poucos, bem aos poucos. Ando por aí anestesiada, usando todo o poder da minha mente fantasiosa para esquecer a dor. Mas sim, há momentos em que me encontro sozinha com eles. A dor, as lágrimas, as lembranças, os arrependimentos, os medos... mas eles sempre estarão aí, e é assim que estou lidando com eles no momento. Tranquei a Marcy mais frágil, aquela que estava destruída e sem forças em algum lugar aqui dentro, talvez para ela se recuperar, e coloquei no lugar essa Marcy que tenho representado, que na maior parte do tempo consegue dominar as Marcys sombrias que tentam fazer mal para aquela Marcy que está trancada, ganhando forças para enfrentar os monstros.
Não sei se é a forma certa de agir, mas é a que tem me mantido em pé.



10 comentários:

Lu Wildflower disse...

Acho que é a forma certa de agir, sim. A vida é como um espelho. Quando sorrimos para ela, ela nos sorri de volta. Mesmo que esse sorriso não seja tão verdadeiro, ele fará bem às pessoas ao seu redor. E tudo de bom que levamos aos outros, a vida traz de volta para a gente. Logo, ele será verdadeiro. Pense nisso... uma ótima semana, bjss...

Lucy disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lucy disse...

vc conhece essa musica? marcy's song, acho que é uma das coisas mais bonitas que eu ouvi ultimamente. http://www.youtube.com/watch?v=ogmJ2B41l2U

força, e boa sorte :)

Lucy disse...

quer dizer, cê curte bowie e pink floyd, acho que faz sentido vc gostar dessa musica também

Hanna F. disse...

Olá Marcy, obrigado pelo apoio!Sabe, o que você falou no seu post é exatamente o que eu me falo todos os dias pela manhã,ninguém precisa saber o que se passa aqui dentro,ninguém tem culpa disso tudo!Te desejo muita força também querida,se precisar de mim também estarei aqui!Estou te seguindo,beijos!Fique bem

Anna Mia 4ever disse...

E eu descobri depois de muitos baldes de agua fria jogados pela vida que a melhor forma de lidar com isso tudo, é o que vc está fazendo minha flor. Não é fingir ser outra pessoa,é só não deixar abater-se.
Beijos e estarei sempre aqui

Mari disse...

Belas palavras. Acho que essa é a coisa principal da vida, bem no fim. Colocar um sorriso no rosto, demonstrar tua força interior. No fundo, ela está lá. Só trazê-la à tona...


Beijos, adoro seu blog.

Cristina disse...

Oi flor, sempre chega uma hora que a gente tem que reconhecer que ficar o tempo todo de mal humor não nos ajuda muito.
Acho que por algum tempo, é melhor vc agir assim... até aquele seu outro lado se sentir mais seguro, menos down...

Espero que vc tenha uma ótima semana.
Obrigada pela visita e a gente vai se falando =)

Beijos

Kati disse...

Flor, as mascaras são realmente necessárias e não se engane, todos usam, outros umas que tomam toda face e outros uma que toma só metade...
Eu sei como é começar a juntar os pedacinhos, mas não se esqueça de tirar um tempinho das sua mascara e chorar, nem que seja no banho, isso nos torna forte pra colocar a mascara de novo e sobreviver a mais um dia...

Quelquer coisa estou aki..
Beijos

(●•Lia •●) disse...

Foiiii excelente ouvir sua vozinha. Sotaque tão bonitinho! A Guri é fofa? NãoOOo fofaaAAa nãoOO! Amável!

Amiga, tem horas que temos que nos trancar em algum lugar... e levar a vidaaaaaaaaaa...sorriso aberto. Até pq muitos ao nosso redor não tem culpa dos nossos sofrimentos, outros sim!!

Massssssssss vamos vivendooo e vivendoooo!!!

Muitaaaaaaaaaaaa forçaaaaaaaa!!!
Vamos consegui. Aqui podemos ser nós mesmaaasssssssssss com todossssssss o defeitos e efeitos!

DDD*