domingo, 5 de agosto de 2012

Sobre a morte da Scarlett


Scarlett, obviamente apelido de uma menina que tinha um objetivo na vida: Ser magra.
Hoje ela está morta, em consequência de seu sonho. Atingiu seu objetivo. Está leve, em breve não existirá sequer um grama de gordura em seu corpo, que com certeza era bonito.
Dói. Sabe o motivo? Scarlett foi só mais uma vítima.
Há três anos, algumas pessoas que acompanham este blog ficaram bravas comigo  quando eu disse que jamais conseguiria me referir à bulimia novamente com um apelido carinhoso, a “mia”. Assim como achava que meninas com anorexia não deveriam chamar sua detentora doença como se fosse uma amiga, dizendo que a “ana” lhes dava forças. Achava não, acho. Tenho certeza.
A bulimia só devastou a minha vida, e eu ainda vivo as sequelas disso. Um engorda-emagrece sem fim. Uma obsessão sem limites. Uma adolescência perdida. Baldes escondidos no quarto, tonturas frequentes, convulsões por perda de nutrientes e eletrólitos,  flora intestinal destruída, gastrite, antidepressivos aos quinze anos, lágrimas de pessoas queridas.
Scarlett teve uma briga feia com o pai? Sim, isso foi coadjuvante no ato dela. Mas basta ver as postagens... ela (e talvez quantas de nós?) estava sendo destruída por essa droga de transtorno.

Estou lutando, não quero ser vencida por essa doença. Na última semana resisti à vontade de ir até o banheiro e resolver meus excessos vomitando junto com a comida a minha raiva e a minha dor. Resisti duas vezes, em dias diferentes. Não consigo mais escrever sobre isso. Não agora.

Descanse em paz Scarlett.


http://www.apenasmarcy.blogspot.com.br/2009/04/caren-carpenter.html - Postagem de 2009.Eu bem que poderia editar e colocar corretamente Karen Carpenter, e não Caren. Mas está lá, está feito, como a comida no meu estômago depois de uma compulsão. Estou cansada de editar erros, não tanto os ortográficos, mas mais os da vida.

6 comentários:

Janna disse...

Você disse tudo, Marcy!
Tudo.
Cada dia mais vejo que não há beleza nessa trajetória, apenas lágrimas.
Espero que você esteja bem...
Consigo, depois desse post, te admirar ainda mais!
Cheiro, minha menina

Anna Williams disse...

As observacões que você faz neste post são muito válidas. No entanto, eu tenho cá minhas reservas em relacão a saber que uma pessoa realmente morreu quando aparece um post como este em seu blog. Muitas de nós nesta blogosfera temos um déficit de atencão de parentes, amigos, amantes, etc... As vezes fazemos coisas para chamar a atencão, para ter um pouco mais de carinho. Os T.A.s em sua grande maioria são sintomas de algo mais está errado conosco. A menos que apareca um super reliable source me dizendo que a pessoa morreu, tipo um obituário ou alguma notícia em um jornal ou revista renomados, eu não vou comecar a chorar porque já sofri com a morte de pessoas que conheci online e depois descobri que elas estavam vivas. Descobri que amigos, pais ou as vezes até a pessoa mesmo tinha feito um post dizendo que havia morrido apenas por estar deprimida, triste e/ou passando por problemas sérios. Eu acho que desde 1997 quando comecei a usar a internet, conheci milhares de pessoas que entraram e saríram de minha vida de diversos modos. A única pessoa que eu conheci e que eu tenho certeza de que faleceu foi o Craig que tinha cancer e documentava sua vida na justin.tv. A família depois mostrou o funeral dele no mesmo canal e a história dele foi mostrada na MTV. Fora isto eu fico sempre tentando não me apegar ás pessoas de uma forma muito forte porque sei que depois vou sofrer quando elas desaparecerem e mais cedo ou mais tarde, os amigos virtuais desaparecem. Eu li o post da Scarlett. O estilo literário e as escolhas de frases e modelos gramaticais são muito semelhantes aos posts que ela fez. Não me surpreenderá que ela esteja ainda viva. Estou apenas dizendo que não tenho certeza, não estou acusando alguém sem embasamento. Enfim, Marcy, se cuide, querida. Eu gosto muito do seu blog. Estou prestes a fechar o meu por uns tempos, numa deprê danada... Eu sempre tive website, blogs e etc desde que apareceram. O meu mais antigo é com meu nome verdadeiro e eu tinha aquele website do go.to que todo mundo tinha. Enfim, beijos! Depois nos falamos.

(●•Lia•●) disse...

Olha... uma adolescente com transtornos e que quer chamar atenção dos pais, as vezes, fazer coisas que não dar para se arrepender.
Assim, como a Anna falou, essas mortes as vezes é duvidosas, eu sinto, as vezes me pergunto? Ela relamente deixou a senha alguém?! Mas não estou acusando ninguém... pois não sei até onde é verdade ou mentira, so sei que relamente essas doenças que muitas tem , e as chamam por mia/ana mata sim!

E muitas tem os transtornos, e não são invenções ou desejos de querer emagrecer (tendo a doença).

Tem pessoas que são reais aqui, vc é uma eu falou ao tel com vc, Jéssica,Gabi,Andrea e outras que já falei... então essas sim. Sumi ficou muitooooooooooooooo preocupada, pois realmente a doença mata, mata mesmooo!

Se eu me matasse amanhã não sei se meu marido viria aqui e escreveri, já que as senhas são todas gravadas no pc... sei lá. Talvez se algumas de vc's ligasse e ele atendesse e falasse: Ela se matou... ai sssim!

Massssssssssssssssssssssss se é verdade ou não simplismente é triste! Pois muito nova!

Se for mentira, é um descanço com todas que sofrem com essa doença, com transtornos.

Mas Marcy minha linda, que bom que vc esteja lutando contra a tudo isso. E realmente, apelidos, carinhosos querer "ter" não faz sentido! E vc esta lutando com algo real, e que tem que ser aos poucos e a verdade, que vc não pediu para que a doença se instalasse em vc, ela veio e ai esta, e vc esta luntando!

Se cuida minha linda! Sabe que gosto muito de vc!

Me blog esta fechado por uns tempos... estou um pouco mau tb! E sem tempo para escrever.... problemas familiares como vc sabe, meu pai, cirugia, e outras coisas.

Mas mandei convite para seu email que tenho. Se caso não chego é so deixar recado no twitter. Beijocas!

Se cuida mesmoooooooooooooooo!

Lady disse...

Baldes escondidos no quarto, tonturas frequentes, flora intestinal destruída,separei do seu textos algumas consequências que está doença me causou,até hj nunca tive felicidade nunhuma,meu corpo naum está bonito e naum está saudavel,estou me matando aos poucos mas se naum existe mais vontade viver quem é que vai ligar para isso.
certamente essa menina não pensou direito antes de fazer isso,agiu no desespero mesmo a entendo-a.Mas é lamentavel...
poxa eu conheço essa cantora(já vi em meus dvds dos tempos do epa)close to youuuu adoroo essa música rs não sabia que ela tinha morrido por consequência da anorexia,achava que ela era viva,pq no dvd ela está bem novinha.
Marcy sei muito bem como é,colocar a comida no estômago e naum conseguir manter aquilo ali,como pode...ée longas e longas sessões de terapia um dia vou precisar,queria que essa paranoia de corpo esbelto e magro naum tivesse me atingido,sabe as vezes me parece ser tão besta...
Beijinhos querida

J.S disse...

Concordo com tudo que vc escreveu!
Penso da mesma forma. Eu nao quero ser vencida por um transtorno alimentar também.
Vc está certissima, é isso aí, continue firme e forte!!~
Eu estou lutando tambem contra a anorexia e bulimia.
Tava pesando 38kg agora tou com 44 e vou continuar aumentando!
Seja forte e resista sempre que pensar em vomitar. voce nao precisa de fazer isso.

Mudei o endereço do meu blog
htttp://iwillbeskinnyjs.blogspot.com
Beijos
J.S

Ex Anninha Mia disse...

Amiga!! Muita força nessa trajetória. Te dou todo o apoio. Sou nova nessa vida de bloggueira, meu blog está às moscas. Sou ex anna mia e falo da minha superação lá. Se puder dar uma passada e comentar ficarei muuuito feliz!

http://exannamia.blogspot.com.br

Beijaao