terça-feira, 13 de agosto de 2013

Saúde, vício, filhote, desorganização e mudança

Sabe quando se tem a vida mais monótona, sem graça e emoção do mundo, mas ao mesmo tempo não se sabe por onde começar? Bem, vamos lá.

Notícia velha: Dia 1º/08 tive uma convulsão, seguida por episódios de amnésia e sonambulismo. Alguns exames precisam ser feitos e isso vai levar um tempo. Se não for detectado nada anormal no meu funcionamento neurológico, provavelmente isso tudo ocorreu devido ao abuso de remédios (controladores de apetite e calmantes) que venho fazendo nos últimos anos. Sinceramente? Minha segunda convulsão esse ano, a primeira foi no final de fevereiro. Nas duas ocasiões eu estava tentando parar de tomar remédios. Nas duas vezes eu estava há uma ou duas semanas sem tomar um único miligrama de calmante.
Também engordei.
Não ando lá um poço de animação.
Em resumo: Preciso tratar minha dependência, minhas convulsões, minhas compulsões,  preciso emagrecer,  preciso organizar minhas coisas.


A boa notícia é que adotei um filhote. Mãe labradora e pai chow-chow. Infelizmente ela ainda faz muito cocô, daqueles moles de filhote, e é nojento limpar. A notícia estranha é que minha mãe está decida a se mudar para um apartamento até o final do ano. Com 4 cachorros, 2 de porte médio, 1 pequeno e a filhote. Alguém tem dicas de como conviver com animais em apartamento???
Morando em uma casa já consegui atingir o auge da bagunça e desorganização.
Também cortei a carne vermelha do meu cardápio, e assim que estiver mais organizada com as proteínas cortarei o frango.



Enfim. É isso.
Bye.

6 comentários:

Flor de Lótus disse...

Bom, em tópicos:
1o Que bom que está disposta a ver do que se tratam e se tratar dessas convulsões. Você está arriscando sua vida... é duro mudar os padrões, mas é possível!

2o Nossa, vai ser tenso ir com tantos bichos pra um apê, viu? Eu tenho um cachorro porte médio e um gato num quarto e sala, e a dica que posso te dar é MUITO exercício com eles! Não só caminhadas, mas jogos e brincadeiras. Assim eles ficam esgotados, não tocam o terror em casa e vc ainda pode aproveitar pra emagrecer, olha que beleza! rsrsrs

Beijos!

Lovely disse...

Oi Marcy!
Estou me sentindo exatamente como você descreveu no início da postagem. Eu quero mudar essa situação... Mas, como? É realmente complicado.

Uhm... Minha experiência morando em apartamento não foi das melhores :/ Mas vai ver, eu é que não tive sorte. Minha dica é - ignore os vizinhos chatos (coisa que tem de monte), isso exige muita paciência. O resto é questão de adaptação mesmo... Leva um tempo. Olha, não vai ser fácil segurar essa cachorrada, hehe.

Quanto a esse período de abstinência. Só posso desejar...Força e, de novo, muita paciência. Eu sei que é fácil falar, só Deus sabe o quanto isso é difícil, mas é uma fase... Vai passar ;)

Hey, estarei aguardando o resultado dos exames.

Melhoras, Marcy!
Beijinhos.

Lovely disse...

Esqueci de responder o comentário...
A culpa não deve ter sido do cupcake (mas, vai saber né? hehe) Acho que só tive outro ataque de pânico. Aparentemente, eles vem sem nenhuma causa :/

(●•Lia•●) disse...

Eu com um cão, o Kauã, que vc deve conhece das minhas postagens e no twitter... no apê, já é complicado, imagina com tudo isso!? Meu Deus!

Agora linda Marcy, os remédios são assim, trata algo, piora outra coisa, eu agora estou assim, estou tomando o que esta fazendo "bem" atualmente para mim, nunca tomei moderador de apetite, mais os calmantes e demais.... já viu né?! O famoso Rivotril, que todos pragegam, dizem que tenho que abolir da minha vida, quando tentei fazer isso de modo controlado, foi um desastre, tive crises horríveis, como sabe fui para no ponto socorro, e hoje, consequência... tomo remédio de pressão. Mas vai -se lá ... levando a vida... aos poucos.

Saudades lindas.
Ainda bem que a tenho no twitter... e amiga sua preocupação comigo!

Gosto muito de ti!
Sabes né?1

Que tudo der certo para ti linda!
Estava a olhar ao lado, quando a conheci esta 18 anos agora já 21anos meu Deus como o tempo passa!

Que bom que continua aqui!

Beijocas!
DDD*
Sempre!

Rose Cassée disse...

Eu não adoto animais justamente por morar em apartamento =/

Tipo, convulsão também pode ser ocasionada por stress né, o que justificaria a coincidência com a interrupção dos calmantes... Meu irmão tem há vários anos e nunca descobriram o motivo, mesmo com todos os exames. E ele nunca tinha posto um remédio psiquiátrico na boca. =/

Sei como é ter a vida monótona. Isso acontece comigo volta e meia quando as mudanças cessam e eu fico entediada. Aí me falta alguma coisa por que me apaixonar, uma pessoa ou uma atividade, ou um livro, uma série, uma religião. E eu sinto que nada, NADA, nessa vida tem um propósito. =/

Força, Marcy <3

Ludvika disse...

Nunca morei em apartamento .-.
Fico feliz que esteja virando vegetariana, tem ainda um fundinho de ideologia ou é só pelas calorias mesmo?
Foi crise de abstinência? Você está tendo acompanhamento profissional nessa fase?
Espero que você consiga ficar bem :*