sexta-feira, 17 de outubro de 2014

"A comida não vai fazer nada além de matar a sua fome"

Foi o que disse Susie Orbach, que além de escritora, era psicanalista da Lady Di.
Não respondo pelos meus erros ortográficos, estou escrevendo o mais devagar que posso mas sim, misturei bebida com remédio. Não muito.


Depois do diagnóstico de Transtorno de Personalidade, que envolve dificuldade de encarar a vida adulta, arrumei o primeiro emprego que me apareceu pela frente. Começo na segunda. Paga mal e deve ser horrível, mas falarei disso depois que vivenciar a coisa toda.
O trabalho é de meio período, o que me dará a chance de continuar fazendo.... nada, nas horas vagas.

Estou numa fase difícil, como estou. Problemas descontados na comida, no corpo, nos outros... não vou aguentar isso por muito tempo, mas enquanto eu estiver respirando...



4 comentários:

Ana Alves disse...

Gostaria de ter a sua coragem, pra encarar um emprego e me esforçar pra ficar nele.
Piro só de pensar nessas coisas...
Espero que você melhore, que essa fase ruim passe.

Alie disse...

O papo de trabalhar com o que ama nunca teve muita moral comigo. Trabalho pra mim é isso, dinheiro, ponto final. E todas as coisas boas que o dinheiro pode comprar. Para isso que eu suporto gente chata, trabalho chato, etc.
Ainda bem que é meio periodo, voce acha que nao vai fazer nada no resto do tempo mas nao imagina como é chato nao poder ter horario pra marcar um medico, ir num banco, num cabeleireiro, ler um livro, nada.
Boa sorte com o job, resista pelo dinheiro hahaah.

Rebeca e Ana Mia disse...

Por mais que pareça ruim o emprego é legar trocar a rotina, menos tempo pensando em coisas que não deveria...ou algo assim.

pri♥ disse...

Descontar na comida, no corpo, nos outros....
Pq??
Tambem vivo nessa fase.
Mas muitas partes da minha vida vivi assim...
E por descontar tanto na comida q nunca fui tao escrava da mia quanto agora, nem forca p vomita faço mais...
Enfim...
Força p nos
Um grande bj
Pri♥