domingo, 5 de outubro de 2014

Mom and I

Muitas coisas acontecendo ao mesmo tempo.
Minha mãe me acusou de querer ser mais vítima do que ela roubando o lugar dela de pessoa mais problemática da casa, isso depois de eu passar um dia inteiro dando suporte aos problemas dela, que são grandes, muito maiores que os meus.
Mas a verdade é que eu também tenho traumas que envolvem sexualidade, mas já é tarde demais pra falar disso com ela, que tem um histórico pior que o meu. Só que bem, ela conseguiu casar, ter uma filha, e eu, não consigo sequer ir pras preeliminares com alguém.
Eu lembro de coisas, de uma época que ela namorava um cara, e por estarmos com a casa cheia, dormi no quarto dela, só eu e ela. O namorado ligou de manhã, eu já estava acordada, ela não, acordou, atendeu e não percebeu. Começou a falar umas sacanagens com o cara, e agora tá acontecendo algo semelhante com ela e um cara aqui do prédio, e ela me conta como se fosse minha amiga de escola, e eu sinto nojo, e falei isso pra ela. Bem, é claro que ela não está falando comigo agora.

Como vou começar a ir na psicóloga Quinta, vou fazer, como muitas garotas, títulos com o número do dia do meu tratamento. O dia 1, obviamente, será na Quinta-Feira.

Fora isso, tudo uma bosta.


6 comentários:

Alie disse...

Entendo seu nojo. Minha mae as vezes vem dar uma de amiga de escola e eu também fico "aff nao quero falar essas coisas com voce".
O que aconteceu que te traumatizou com homens?

Ana Alves disse...

Complicado... Mas acho que sua mãe está sendo egoísta (me desculpe por isso), mas ela devia entender que ela não é a única que tem problemas. E hello, não é uma competição pra ver quem sofre mais.
Eu tenho problemas com sexo, sei lá... A história é longa, confusa e complicada.
Espero que você fique bem. Esperando novos posts.

Madame Faminta disse...

oiii, as vezes acontece comigo bem assim:
se minha mãe simplesmente enxerga os REFLEXOS dos meus problemas, como por exemplo, minha expressão abatida e preocupada... ela se revolta, diz q eu sou ingrata, q eu desprezo ela, acha que estou com cara de bunda, e que tudo oq eu faço é um ataque pessoal a ela...

mas se eu chego e tenho uma conversa sincera, devido aos MESMOS problemas... eu desperto nela a compreensividade e a maturidade de mãe (que em alguns momentos eu desconfio que NEM EXISTE nela)... os problemas dela até diminuem pq no momento ela está prestando atenção nos meus.

Será que vc sabe exatamente como ela ria reagir em uma conversa? talvez ela seja imprevisível e melhor do que vc imagina...

Madame Faminta disse...

bjoss
força aí =)
http://madame-faminta.blogspot.com.br/

(●•Lia•●) disse...

Essa história de mãe ser melhor amiga... nunca colou comigo.
Ainda bem que a minha foi bem tradicional, foi mãe daqueles: MÃES ATÉ DEMAIS! VC SABE!

Mas é um porre quando quer falar sobre esse assuntos, sei devidos colegas próximas reclamarem de situações iguais. Uma disse: Eu não quero uma mãe-colega, somente um mãe. Mãe tem que ser mãe e ponto final.

Mas no seu caso é muito mais complicado que se possa imaginar!
Mesmo assim desejo sucesso na sua terapia e sua caminhada de vida!

Vamos em frente né?!
Beijos!

Anita Perfeita disse...

A sua mãe naturalmente a vê como uma mulher adulta(e é mesmo), a melhor amiga, a filha amada e a confidente também.
A verdade é que vc não quer 'crescer' perante tua mãe, só deseja ser a princesinha dela,todos nós queremos esse universo de amor e proteção, mas ele pertence em alguns níveis a velha infância.
Se ela compartilha essas coisas contigo é porque encontra em você confiança.
A minha mãe NUNCA CONVERSOU SOBRE SEXO COMIGO.
A minha mãe me trancava em um quarto escuro sem comida,sem água e sem banheiro,enquanto ela transava com caras estranhos aos gritos na sala.
Isso é um trauma, isso é uma mãe desgraçadamente depravada que transa com qualquer um, até com parentes, pois descobri que o meu primo era meu pai, isso é muito nojento.

Beijos ^^