quinta-feira, 26 de março de 2015

Isso é a vida?

Gurias, vocês são criaturas mágicas, com o poder de consolar um coração quebrado inundado de lágrimas que caíram de um rosto em desespero.
As lágrimas continuam caindo, o coração continua quebrado, mas o carinho de vocês e dos amigos em geral tem sido MUITO importante.

Tem dias que parece que não vai dar mais, sabe? Dó a alma, o corpo. Eu só quero que a minha mãe fique bem, que a justiça seja feita com o homem que fez mal com a minha irmã e tentou fazer comigo.
Também preciso de um emprego onde eu não me sinta um lixo, tenha horários (mais ou menos) fixos e não precise receber nem lidar com um determinado banco que quer penhorar minha alma.

O resto se tornou secundário...

É triste ver que meus parentes, assim como aqui dentro de casa, pensam que quem tem que sentir vergonha são as vítimas abusadas ou estupradas, enquanto o abusador deve ser punido apenas sendo excluído da ~família~.


9 comentários:

Lorena Flores disse...

estarei sempre aqui querida
se cuida !

Ana Alves disse...

Oi Marcy, nem posso imaginar a dor que você sente. Que pensamento triste e pequeno esse de que as vítimas é que tem que se recolher e se envergonhar... O que eu poderia dizer para consolar você?
Só posso dizer que espero que tudo se acerte, lembre-se que não está só, tem seus amigos aí e tem a nós aqui. <3

(●•Lia•●) disse...

Não tenho palavras... é muito triste e dolorosa a situação que está passando, parece que não vai ter fim, mais acredite que vai sim. Sei que é complicado, sei que é difícil mais tenha fé, tenha esperanças.... que tudo pode mudar sim.
Que bom que de alguma maneira nós aqui em palavras ajudamos de alguma forma, pois assim nos sentimos mais úteis, capazes de fazer algo por alguém mesmo tão distante. Sei que eu perto não poderia fazer muito por você, mais pelo menos poderia te ouvir, cara a cara, ombro a ombro, isto já ajuda e muito. Sei que perto de você poderia abraça-la e dizer: "Continue, tenha fé e forças, sua mãe e sua irmã vão ficar bem!" Mesmo com tudo isto, (choro agora) ainda tenho forças para passar para alguém que acho que esteja em situação pior que a minha... sinto muito Marcy. De verdade, de coração aberto, sinto profundamente. Gostaria de poder fazer muito mais por você, por todas nós. Mas o que posso oferecer agora é somente palavras.
Fica bem ao seu modo e não pare de lutar nunca, mesmo que pareça que nunca vai encontrar o final do túnel, mais ele (o túnel ) tem um final, com esperança e luz que pode nos ajudar. Acredite!

Abraços,
Lia*

p.s. Conte sempre comigo!!!!

Sarah Kaeda disse...

Nossa, querida. Por detrás das palavras ou de um post jamais podemos ver o que realmente acontece, fiquei triste após ler, até pq é de força e apoio que vitimas de qualquer agressão precisam. As pessoas são insensíveis demais, Marcy, até pq não sabem como lidar com isso. Claro que isso não justifica.
Sinto tanto por você, uma garota com todo potencial na vida, estar passando por isso.
Só resta desejar forças.

Anita Perfeita disse...

Querida Marcy!

Isso não é a vida, isso que violentou a sua irmã é o lixo da sociedade!

No momento em que existe uma violência dentro da própria família o familiar em questão passa a ser um criminoso, e se não for denunciado e preso por isso justamente por cobertura da família, digo que a sua irmã foi violentada por todos esses que se omitirem.
Entretanto só depende dela mesma procurar a delegacia da mulher e registrar pelo menos uma queixa, ao menos a ficha desse desgraçado deve ser preenchida, porque vc não foi a primeira tentativa e a sua irmã não será a última vítima, o delito deve ser registrado para quando ele fizer isto com outra (eles nunca param) se tornar reincidente e não mais réu primário.
Envergonhada fico eu com uma barbaridade dessas, e revoltada também por ser impotente e não ter o poder de tirar um monstro desses de circulação com a morte e de não poder juntar os pedacinhos dos corações de vocês duas e muito menos apagar de vossas mentes o que aconteceu!

Sobre aquele assunto...
O meu marido é figura folclórica da cidade, é mais popular que o prefeito, e isso não me permite dar uma surra em quem merece em público por aqui, mas não se preocupe meu bem, não sujarei as minhas mãos, alguém o fará por mim, pela lei do retorno ou pelo meu desejo mesmo, não me custa nada!
Sobre exames, não lembro quando foi a última vez que fiz um, pq corro de médicos como o demônio corre da santa cruz!

Olha guria, eu não sei de onde vc tira forças para superar tantas coisas ruins numa vida tão jovem, e seja lá de onde for, retire um pouco mais de coragem e continue caminhando sem olhar para trás, pois existirão dias melhores, tempos de glória ainda estão por vir.

Beijo da Anita

-M disse...

Stay strong, please... :'(
Nunca comentei o teu blogue. Nunca deixei as minhas palavras de apoio.
E arrependo-me disso. Porque és uma das pessoas que mais admiro neste pequeno-grande mundo virtual e apenas desejo que sejas feliz! :( Mereces um pouco de luz no teu quotidiano após todo o sofrimento que tens sentido. :((
Eu sei que não nos conhecemos e que talvez não tenha o direito de dizer isto, mas... Se precisares de alguma coisa, estou aqui.
PS. És uma pessoa maravilhosa, não te vejas como um monstro nem algo do género!
s2 s2 s2 s2 s2 s2 s2 s2

Alie disse...

Faça o filha da puta pagar, como você puder conseguir.
Mande curriculos pra mil empresas e só troque de trabalho quando tiver o chamado da proxima, do contrario o banco penhora sua alma e nessa época dificil de ter que sustentar casa e mae doente é pior ainda.
Toda essa turbulencia passará, sempre passa. Força, é nessas horas quando a unica opcao que nos resta é ser forte que voce descobre toda a sua força. Fique bem :*

Mille disse...

Marcy, meu anjo... eu nem sei como você tem suportado tanta coisa!
Eu li sua postagem anterior e tipo, cara, sua tia é uma monstra! :(
Queria poder estar perto. Juro que tentaria te ajudar de alguma forma. Quando estamos enfrentando momentos tão pesados, um abraço verdadeiro ajuda muito. Queria poder te abraçar agora.
E quem violentou a tua mãe não foi punido? Quem violentou vc tbm n?
Eu já ando meio descrente da nossa sociedade. Quase todas as mulheres que eu conheço tem histórico de alguma violência.

Espero, de coração, que você fique logo bem.

E sobre nossos comentários no facebook, espero que você não tenha se chateado por termos posições diferentes. De verdade, gosto muito de vc.
Cheiro. Fica com Deus!

Cecilia Ana disse...

Olá, tudo bem?
Revoltada com essa situação... é como já foi falado nos comentários, a família acaba se tornando criminosa também por acobertar um sujeito como esse.
Você e sua irmã devem encontrar apoio uma na outra pra ele ser punido e não fazer isso com outras pessoas.
Não deixe de escrever pra gente aqui e contar como sua mãe está passando...
Vim retribuir seu comentário e suavisita lá no meu blog!
Fique a vontade pra voltar lá quando puder!
Beijinhos :*
Venenos de Pelúcia