sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Fatos

Eu engordei. Eu não gosto dessas dobras no meu corpo.

Eu perdi amizades. Eu perdi sua amizade? Sinto falta das conversas.

Meu intestino não funciona, talvez o ambiente altamente estressante do trabalho contribua para isso, já que isso teve início a partir do momento que comecei a perceber onde eu tinha me metido. Tenho uma colega que não está falando comigo, mas isso não faz a mínima diferença. Me mandaram pra outra loja por uns dias, pra ajudar a estoquista, mas percebi que é para o supervisor me avaliar e ter uma opinião de outra gerente, já que a minha quer me descartar. Pedi para ficar naquela loja, estou esperando o supervisor me chamar e perguntar o motivo. Falarei. Se eu for pra rua ele saberá o que acontece lá onde eu fico.
Consequentemente, pelo uso consecutivo de laxantes e também pelo estresse, tenho dores de estômago abomináveis e estou tomando uma sorte de antiácidos. Além de ter que reservar dia e hora pra fazer cocô, que vem com fortes enjoos e dores, já que só acontece com laxante.

Minha mãe continua investigando o sangue e o cérebro. Minha irmã grávida emagreceu 2 kgs, fiquei muito preocupada, ela não. 

Não consigo mais pegar meu salário e gastar metade dele em um ingresso pra show, coisa que em 2011 eu fiz mais de uma vez, sem pestanejar.
O que é que eu faço com a minha vida? Eu deveria saber...

Não assisti esse filme, mas essa música, e aquela outra mais conhecida.... me identifico tanto....

segunda-feira, 7 de setembro de 2015

SOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

Gente que saudade de vir aquiiiiiiiiiii!

Foi tudo louco. Mais de um mês de trabalho. Está sendo fácil? Não. Já tive problemas com colegas, já peguei doença e alergia por viver no estoque empoeirado e já fui chamada pela gerente pra conversar sobre o meu "complexo de inferioridade", o fato de eu me preocupar demais com o que os outros pensam e ser paranoica.
O fato é que não foi essa gerente que me contratou, quem me contratou foi o gerente que estava substituindo as férias dela. Em 03/10 fecho 60 dias e 03/11, 90 dias não sei o quê esperar até lá mas não ficarei me preocupando e sofrendo por antecedência. Me desculpem o julgamento, mas quando uma gerente me diz pra deixas ~menas~ coisas, eu realmente tenho certeza da minha capacidade de conseguir algo melhor, mas no momento, este trabalho está sendo bem-vindo e eu não vou pedir pra sair, mesmo trabalhando com algumas colegas grossas. Já outras são tão amor que compensa.

Peso? A mesma titica.
Mamis? Investigando, fazendo exames, indo.
Sister? Muita alegria com The Baby já se mexendo. Algumas preocupações, mas normal. O namorado dela é um porco nojento.
O resto? Não sei.

Estou com saudades de vocês, daqui, meio saturada de certas coisas e doente, mas acredito que as coisas possam melhorar, quando a gente faz por onde.

Amor e luz a todas. Eu disse A TODAS.
Mais ou menos perdida e assustada.