quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Das loucuras...


E cá estou, mais de 24 horas depois, me recuperando de uma das piores ressacas da minha vida.
Resolvi fazer uma roleta russa, bebendo sozinha no canto da sala. A cada garrafa/lata de cerveja, um Alprazolam, remédio com o qual eu não estou acostumada. 
Resultado? Entre acordar pra beber água e ir ao banheiro, dormi no chão da sala por mais de 24 horas.

Lua me disse para acordar desse pesadelo, que eu não sou mais a Marcy de antes. Acho que não sou mesmo. Pode ser que ela esteja dormindo por aí, esperando levar um desfibrilador acordar ela, porque em príncipes, ela não acredita.
Fazendo a soma de tudo, quase perdi minha mãe no começo de 2015, depois minha irmã veio pra cá (do interior), engravidou em seguida, no meio disso minha melhor amiga me deixou, encerrou, rompeu nossa amizade por um motivo tão bobo, meus amigos estão todos progredindo, minha irmã se mudou pra cá e eu sigo sem fazer nada, exceto ajudar a fazer a bebê dormir e brincar com ela. Mas ontem, num dos dias que a minha mãe mais precisou, eu estava inconsciente... ela acha que eu apenas bebi demais, porém, acredito que o causador do efeito louco que me deu foi a mistura com remédios.
Detalhe para o fato de eu ter escrito com aquelas canetas a base de álcool nos braços pra minha mãe me dar duas Aspirinas, um Dramin e um Plazil. Estava parecendo um Smurf.

Acho que é isso.

11 comentários:

Roxy disse...

Céus, Marcy! O dia deve ter sido tão difícil para você... =/
Mas você ainda está aqui por algum motivo. Descubra qual é e se agarre nele.

Mais cedo ou mais tarde, as coisas irão melhorar. Você só precisa continuar aguentando até os dias melhores chegarem. <3

Te desejo o melhor, Marcy! ;*

Julia disse...

Imagino que esteja passando por momentos difíceis, mas lembre-se de que nada nessa vida é para sempre.

Siga em frente, você é mais forte do que imagina! Estou torcendo por você!

xoxo.
Julia.


Anita Perfeita disse...

Olá Marcy!

Vamos fazer como o Jack, por partes!

"quase perdi minha mãe no começo de 2015"
Pois é, quase, foi um grande susto, mas ela está bem viva hoje, pare de lamentar e aproveite ao máximo enquanto ela está aqui.

"minha irmã veio pra cá (do interior), engravidou em seguida"
Embora você seja uma tia adorável, a responsabilidade sobre esta criança é toda da sua irmã e do pai, não há motivos para se preocupar com uma filha que não é sua. Entretanto, é natural e benéfico que você sinta amor pela criança.

"minha melhor amiga me deixou, encerrou, rompeu nossa amizade por um motivo tão bobo"
É serio? Você ainda não percebeu que ela não era a sua melhor amiga? Não caiu a sua ficha de que ela achou um pretexto banal para se livrar de você?
Nem há o que discutir, se ela não se importa com seus sentimentos, é porque esta amizade era unilateral, e como qualquer relacionamento é feito por no mínimo 2 pessoas, nunca existiu.

"meus amigos estão todos progredindo"
Que bom! A alegria dos seus amigos deve ser a sua alegria também! Sempre desejamos o melhor para aqueles que amamos!

A vida da sua mãe segue.
A vida da sua irmã segue.
A vida da sua sobrinha segue.
A vida da sua ex-amiga segue.
As vidas dos seus amigos seguem.
Todos estão nesta viagem enigmática que é a vida.
E você continua bêbada e deitada no chão da estação, negando-se a embarcar no próximo trem.

Certa vez ouvi uma frase em um filme: "O arrependimento é o passado fazendo você sofrer no presente."
Deixe o passado morto no passado, desapegue-se das coisas ruins, esqueça as pessoas ruins, desvencilhe-se dos pensamentos ruins, levante-se e siga o seu caminho.
O que não presta a gente joga no lixo, querida!
Se você não acredita em príncipe, é porque sabe que não existe mágica, já compreende que é preciso lutar pelos seus sonhos, até que eles se tornem a sua realidade.


Beijinhos, boa sorte e sucesso ^^

Ana Maria Gorda disse...

Concordo com o comentário acima, a vida de todos seguem... Exceto a sua. Nao deixe de viver por causa dos outros.

Seja forte!

Linnah; disse...

Nossa Marcy,

Cuidado com essas misturas... Eu já fiquei muito mal com uma dessas e fui parar no hospital.
Acho que esse comentário da Anita Perfeita disse tudo, vamos começar a VIVER! Tem tanta coisa que você precisa começar, tanta coisa pra aprender.

A vida não é fácil mas pode ser linda.

Lua disse...

:O
MARCY... Tu tem sorte de não morar perto de mim, se não eu ia te morder todinha. JURO! O comentário foi para abrir as portas trancadas que tem na sua mente, para lhe mostrar que o futuro e o presente depende de você. E que as garras do passado só podem te prender quando você deixa elas te ferirem. ACORDE! ACORDE MARCY! O mundo só vai valer a pena quando nós abrirmos os olhos....
Beijos! :*

Ana Alves disse...

Ei, Marcy! Olá :)
Cá estou, depois de várias postagens suas.
Primeiro, eu acredito que as palavras da Anita foram perfeitas, por favor, tente refletir nelas.
Não sei o tamanho do fardo que você vem carregando, e não vou fazer de conta que sua dor não é real, apenas tente se lembrar de que você não é sua dor. Você é a Marcy, que tem sonhos, que tem alma, mente, corpo. Não se esqueça disso, o sofrimento é real, mas você está além dele. Não se deixe envolver nessa névoa de dor e desesperança, e se sentir que já se envolveu, lembre-se de que VOCÊ PODE SAIR DISSO.
Por favor, tente se cuidar, certo?

Jennifer Gama disse...

Oh amore não fica assim não, bora se animar, tudo tem seu tempo, e agora chegou a hora do novo, novas amizades, dar carinho pra mãe, tente não ficar bebendo em casa escolha uma ocasião ao sair, a força esta dentro de você, voce sabe que quando quer consegue mudar, não fique assim.

Any disse...

Olá Marcy, é realmente perigoso misturar tantos remédios.
Parece que sua vida anda bem difícil, mas desistir ou aceitar nunca resolve nada, é preciso reagir.

Torcendo para que fique bem...

Até 0/

Any disse...

Olá Marcy, é realmente perigoso misturar tantos remédios.
Parece que sua vida anda bem difícil, mas desistir ou aceitar nunca resolve nada, é preciso reagir.

Torcendo para que fique bem...

Até 0/

(●•Lia•●) disse...

Que pesadelo essa Marcy, está vivendo.
Mas, somente ela, pode ter o controle da situação. Sei, sei que não é nada fácil, para quem tá de fora, tudo é fácil de se controlar, tudo pode se resolver com um pensamento positivo... mais no fundo requer bem mais do que isso!

Amiga, que você consiga, sair logo dessa fase ruim. Vivemos de ciclos, e este seu não é nada bom.


Vamos, continuar?!
Mais fazendo o melhor para nós!

Abraços!